A Copa do Mundo 2022 estreou no último domingo (20) no Catar. A final do Mundial será disputada no dia 18 de dezembro. Se depender da torcida teresinense, o Brasil será um dos finalistas entre as 32 seleções que vão disputar o torneio.

Várias ruas da capital piauiense estão enfeitadas de verde e amarelo em apoio à Seleção Brasileira, que estreia nesta quinta-feira (24), às 16h (de Brasília), contra a Sérvia, pelo Grupo G. O que mais chama atenção são os bandeirões produzidos pelos moradores e animação dos torcedores.

Na Rua da Copa, no Dirceu, moradores já estão no clima de torcida pela Seleção Brasileira (Foto: Ananda Soares)Na Rua da Copa, no Dirceu, moradores já estão no clima de torcida pela Seleção Brasileira (Foto: Ananda Soares)

Na rua Juiz Emiliano Paes Landim, a Rua da Copa, situada no bairro Dirceu, zona Sudeste de Teresina, o verde, o amarelo e o azul já invadiram cada centímetro do lugar. Moradores esperam receber cerca de três mil pessoas na tradição que começou no ano de 1994.

Segundo o corretor Carlos Augusto Moreira, moradores fizeram bingos e solicitaram patrocínio para investir na decoração, que consiste em bandeiras de diversos tamanhos e pinturas no asfalto e nas paredes e calçadas das residências. Em razão da popularidade da Rua da Copa, muitas pessoas aproveitam o momento para comercializar bebidas, refeições e acessórios. 

"Fizeram bingo, tiraram do próprio bolso e alguns também conseguiram patrocínio. É uma tradição nossa e nós temos muito orgulho de fazer essa festa durante os jogos. Daqui a pouco, todo mundo vai colocar a televisão na calçada, aumentar o som e assistir a Seleção Brasileira", contou.

Casa na Vila Risoleta, bairro Água Mineral (Foto: Ananda Soares)Casa na Vila Risoleta, bairro Água Mineral (Foto: Ananda Soares)

Na zona Norte de Teresina, lares também receberam uma decoração especial para atrair o Hexa na Vila Risoleta Neves, no bairro Água Mineral. A casa do aposentado Raimundo Pereira da Silva ganhou novas cores para a família se reunir durante os jogos do Brasil. Além das bandeirinhas, a fachada e a calçada da residência foram pintadas de verde e amarelo. "Vamos juntar filhos, genros, vizinhos e torcer pelo Brasil", disse Raimundo.