Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Terremoto próximo ao litoral do Peru mata 2 e deixa 65 feridos

Tremor teve magnitude de 7,1 e atingiu a região de Arequipa

Terremoto próximo ao litoral do Peru mata 2 e deixa 65 feridos
1 | Reprodução
Compartilhe
Google Whatsapp

Um terremoto de magnitute 7,1 atingiu o Peru neste domingo às 4h18 (horário local, 7h18 de Brasília), na região de Arequipa. Pelo menos uma pessoa morreu e outras 65 ficaram feridas.

Atualização: Autoridades voltaram atrás em declarações de que uma segunda pessoa teria morrido e outras 17 estariam desaparecidas em uma mina, em um sinal de que o número de vítimas do tremor pode não ser tão drástico quanto se temia.

O epicentro do tremor foi localizado a 124 quilômetros da cidade de Puquio, no sul do país, e a 36,3 quilômetros de profundidade, segundo informou o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Segundo a agência Efe, o chefe do Instituto Nacional de Defesa Civil (Indeci), Jorge Chávez, declarou à emissora "RPP Noticias" que as mortes aconteceram nas cidades de Yauca e Bella Unión, enquanto os feridos foram registrados na província de Caravelí e em Nazca, da região vizinha de Ica.

O tremor foi sentido em várias cidades do litoral mas, segundo a Marinha do Peru, não há alertas para tsunamis na costa do país.

Relatos pelas redes sociais informaram que não houve grandes danos nas cidades de Ica, Ayacucho e Arequipa, que ficam próximas ao epicentro do tremor.

 (Crédito: Agência Andina/via AP)
(Crédito: Agência Andina/via AP)


Presidente viaja para região

O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, viajou neste domingo para a região no sul do país que foi atingida pelo terremoto.

"Neste momento, partimos de Marcona e nos dirigimos para Acarí e Chala, em Arequipa", informou Kucyznski pelo Twitter, citando as regiões afetadas pelo tremor registrado na madrugada.

O presidente informou que quer verificar pessoalmente a magnitude dos danos causados e enviar a ajuda humanitária necessária.

A presidente do Conselho de Ministros do Peru, Mercedes Araóz, afirmou que todo o governo está mobilizado para atender as necessidades dos feridos e dos familiares das vítimas.

"O presidente já está na região de emergência liderando a ajuda. Irmãos do sul, vocês não estão sozinhos", escreveu Araóz em uma rede social, informando que publicará ainda hoje um relatório dos danos.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto