Testagens de DST/Aids serão reforçados nos municípios do Piauí

O trabalho está sendo discutido no IV Encontro Estadual de CTA

O trabalho de prevenção e combate ao HIV, desenvolvido pelos Centros de Testagem e Aconselhamento(CTAs) existentes no Estado está sendo discutido no IV Encontro Estadual de CTA do Piauí, que acontece nesta terça e quarta (6 e 7), em Teresina. No encontro, estão sendo apresentados os avanços atingidos em 2016 e o planejamento de ações para 2017.

No encontro,  a coordenadora do CTA estadual, Cristina Rocha, diz que cada Centro apresenta suas ações e como pretende desenvolver e adequar suas atividades ao contexto epidemiológico da doença no Estado, bem como a importância deles como captador das populações mais vulneráveis ao HIV.

Uma das estratégias de captação tem sido a busca de parceria com a Atenção Básica dos municípios no papel de prevenção e controle do HIV. Hoje, o CTA estadual atende quem tem interesse em fazer as testagens, “porém a atenção básica (postos de saúde e UBS) tem que começar a oferecer os testes rápidos como rotina não só para gestante, mas para qualquer pessoa da sociedade que procure por esse serviço”, disse Cristiana.

Tendo em vista a parceria com os municípios, o CTA estadual capacita as equipes da atenção básica municipal tanto para a realização dos exames quanto para o aconselhamento. Segundo a coordenadora, o Piauí está tentando atingir a meta nacional que é 90% dos casos de HIV testados, 90% tratados e 90% com carga viral indetectável. “Para alcançarmos essa meta, precisamos incluir a testagem na atenção básica. A gente entende que é um processo, mas a atenção básica pode adequar sua rotina para atender essa demanda”, disse.

O Encontro acontece no Diferencial Buffet e segue da tarde de hoje (6) até quarta-feira (7), com início à 7h e previsão de encerramento às 12h.

Dados de testagem HIV/AIDS, sífilis e hepatite 2016

Em 2016, o Centro de Testagem e Aconselhamento do Governo do Estado realizou 3.253 exames de HIV/AIDS. Destes, 243 (7,32%) com resultado positivo, sendo 174 em homens e 69 em mulheres.

Dos 2.302 exames de sífilis realizados, 503 (15,15%) foram positivos, 374 em homens e 129 em mulheres. 

Os exames para hepatite B realizados em 2.302 pessoas foram positivos em 13 delas, sendo 10 homens e três mulheres. Já os 2.302 exames para hepatite C mostraram resultado positivo em 23 casos, 19 em homens e quatro em mulheres.

Para realização do teste

O Centro de Testagem e Aconselhamento Estadual funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 13h30, na rua 24 de janeiro, 124, Centro - Edifício Teresa Cristina.

O teste é gratuito e sigiloso. Para realização do exame o solicitante deve apresentar documento original com foto e cartão do SUS.

Os municípios de Floriano, Parnaíba, Oeiras, Piripiri e Picos também possuem CTAs. 

Fonte: Com informações do Portal do Governo
logomarca do portal meionorte..com