Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Titulo de capitalização com entidade sob suspeita

Nas últimas semanas tem aumentado a suspeita quanto a idoneidade do título de capitalização MT CAP.

Compartilhe

Nas últimas semanas tem aumentado a suspeita quanto a idoneidade do título de capitalização MT CAP, que sorteia prêmios em dinheiro e bens, como carros e motos, semanalmente em todo Estado. Após a notícia e imagens divulgadas nas redes sociais das cartelas encontradas em um terreno baldio de Rondonópolis, o título perde em muito a sua credibilidade, e vem sendo questionado até mesmo na Assembleia Legislativa. As informações são do Notícia Max.

O deputado estadual Pery Taborelli (PV) já utilizou a tribuna para defender uma ampla investigação sobre o título de capitalização, destacando não haver informações concretas sobre as regras estabelecidas pela operadora Invest Capitalização, responsável pelo MT CAP.

O deputado lembra que ao contrário das loterias oficiais, não existe uma fiscalização por parte de órgãos públicos sobre o programa de capitalização. “É importante levantar este debate. A gente não sabe se as pessoas que compraram o título concorreram ou não”, reforçou.

Quanto a essa fiscalização, a Secretaria de Fazenda (Sefaz) informa que a regulamentação de operadoras de títulos financeiros é feita exclusivamente pelo governo federal, assim como sua fiscalização. Os dois trabalhos são realizados pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) e a Superintendência de Seguros Privados (Susepe).

A dona-de-casa Dalva Maria é uma das clientes que afirma pensar duas vezes agora, antes de comprar o MT CAP. “Não vou dizer que não vou comprar, porque sempre existe a esperança de ganhar alguma coisa. Mas já tinha dúvidas a respeito desse “jogo”, agora fiquei mais com dúvida ainda, não dá pra confiar”, afirma.

Outro que sempre jogava, mas após ter conhecimento das cartelas encontrados jogados em Rondonópolis e as notícias veiculadas sobre a idoneidade do MT CAP, diz que vai pensar duas vezes antes de comprar o título, é o microempresário Clodoaldo da Silva. “Comprei um ou duas vezes, nunca acreditei totalmente que esse MT CAP fosse sério, mas é bom arriscar. Agora, minhas dúvidas aumentaram e prefiro não arriscar, prefiro jogar na mega-sena”.

A reportagem do Centro-Oeste Popular manteve contato com a assessoria e imprensa da Invest Capitalização, que solicitou que se enviasse um e-mail com os questionamentos que seria respondido, porém, mesmo depois de reiteradas tentativas de contato por telefone, não houve resposta da empresa até o fechamento da edição.

Quanto as cartelas encontradas em um terreno baldio, a empresa emitiu uma nota explicando que elas eram referentes a sorteios que ocorreram nos dias 20 e 27 de dezembro e foram tomadas de assalto na loja Comercial Lina Presentes, no bairro Jardim Panorama.

Um vendedor do título estava presente na loja e teve dinheiro e os canhotos vendidos levados pelos assaltantes. “Juntamente com estes títulos, continham ainda novos títulos da edição seguinte, do dia 27, que felizmente nenhum ainda havia sido comercializado”, diz a nota.

As vítimas registraram boletim de ocorrência no Cisc de Rondonópolis e comunicaram a direção do MT Cap sobre o ocorrido. A empresa informou que validou todas as cartelas que estavam em posse dos vendedores para garantir a participação dos compradores no sorteio do dia 20 de dezembro.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar