TJ-PI receberá peticionamento eletrônico para o segundo grau

Haverá mais celeridade aos andamentos processuais.

Por meio do setor de Tecnologia da Informação, o Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) vai atender a dois pleitos da advocacia e trazer mais celeridade aos andamentos processuais.

Trata-se da integração do Processo Judicial Eletrônico (PJe/TJ-PI) para peticionamento no segundo grau e da publicação de sentenças, despachos e intimações no Diário da Justiça Eletrônico.

Encontro  ocorreu no Tribunal de Justiça do Piauí  (Crédito: TJ-PI)
Encontro ocorreu no Tribunal de Justiça do Piauí (Crédito: TJ-PI)

O ex-conselheiro do CNJ, advogado Norberto Campelo, que esteve a frente da demanda, esteve recebendo a informação do Presidente do TJ, desembargador Erivan Lopes, na manhã desta sexta-feira (27), falou sobre a inovação. 

“O primeiro ponto era o peticionamento eletrônico no segundo grau que estava tendo alguns problemas na parte de suporte do próprio CNJ. O TJ-PI resolveu problema e muito em breve os advogados poderão usar esta ferramenta ao atuarem em seus recursos no segundo grau. Outro ponto é o restabelecimento da publicação de despachos e decisões no Diário Eletrônico. Nos processos do PJe, os advogados estavam sendo intimados e citados via caixa do sistema, que traz risco para os advogados, inclusive, de perda de prazos. O Tribunal, mais uma vez, ciente da importância deste relevante serviço, atuou no caso e já tem um cronograma para o atendimento de mais este pleito da advocacia”, afirmou. 

Segundo Assis Campos, Secretário de TI, as publicações no Diário Oficial de despachos, citações e intimações, iniciam dia 06 de novembro e o peticionamento eletrônico no segundo grau começa a funcionar dia 20 do próximo mês.



Fonte: Portal Meio Norte/TJ-PI
logomarca do portal meionorte..com