Jovem fica tetraplégico após saltar na água durante brincadeira

Amigos acharam que o jovem estava 'fingindo'.

Um caso ocorrido em Bertioga, no litoral de São Paulo, reacendeu a discussão sobre o perigo de saltar na água sem a devida preparação. Um homem identificado como Ronald Leandro de Matos, de 29 anos, ficou tetraplégico após pular do Píer Licurgo Mazzon, no litoral paulista. Os amigos da vítima não o socorreram de imediato porque acharam que era 'fingimento'. 

"Vi o rapaz pulando. Ele desmaiou e ficou mais de um minuto com o rosto para dentro da água. Os amigos que estavam com ele pensaram que ele estava brincando e fingindo", disse uma testemunha, que não foi identificada. 

Ronald teria desmaiado ao entrar na água após saltar. Ele foi atendimento no Hospital Santo Amaro, em Guarujá. Conforme a assessoria do hospital, o mesmo foi diagnosticado com trauma raquimedular, ele perdeu os movimentos do pescoço para baixo.

Ainda segundo a testemunha, a vítima foi socorrida  e levada para margem. "Falei que ele estava morrendo. Pedi para o pessoal pular dentro da água para ajudar a salvar", comentou.

Jovem ficou tetraplégico após pular do Píer (Crédito: Reprodução)
Jovem ficou tetraplégico após pular de Píer (Crédito: Reprodução)




Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com