mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Trump suspende negociações sobre novos pacote de estímulos fiscais

Presidente americano acusa deputada Nancy Pelosi de "querer dinheiro para resgatar estados democratas"

O presidente Donald Trump interrompeu as negociações entre a Casa Branca e a Câmara dos Representantes sobre um novo pacote de auxílio fiscal nos Estados Unidos. O republicano acusa a democrata Nancy Pelosi, presidente da Câmara, de querer US$ 2,4 trilhões para "resgatar estados democratas".

"Nancy Pelosi está solicitando US$ 2,4 trilhões para salvar estados democratas com má administração e altos índices de criminalidade, nada a ver com a Covid. Fizemos uma generosa oferta de US$ 1,6 trilhão, mas, como de costuma, ela não está negociando de bom grado. Eu estou rejeitando a solicitação deles", escreveu Trump, em uma rede social.

A decisão unilateral do republicano impactou negativamente os mercados. Nos Estados Unidos, os índices de Nova York fecharam com perdas superiores a 1%. No Brasil, a Bolsa caiu e o dólar fechou perto dos R$ 5,60.

Donald Trump suspendeu as negociações com a Câmara sobre novo pacote de estímulos à economia Foto: Erin Scott / Reuters Donald Trump suspendeu as negociações com a Câmara sobre novo pacote de estímulos à economia Foto: Erin Scott / Reuters 

Trump menosprezou a pressão dos democratas por quase US$ 1 trilhão em assistência às autoridades estaduais e locais, avaliando a medida como uma compensação para os maus administradores, especialmente dos estados democratas.

A decisão de Trump vem horas após o presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos EUA), Jerome Powell, ter pedido que o governo empenhasse mais recursos para sustentar a recuperação econômica.

Depois da eleição

“Instruí meus representantes a pararem de negociar até depois da eleição, quando, imediatamente após eu ganhar, aprovaremos uma importante lei de estímulo que se concentra nos americanos trabalhadores e nas pequenas empresas”, completou Trump.

Antes de sepultar o acordo, Trump fez uma conferência por telefone com o líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, e o líder republicano da Câmara, Kevin McCarthy, junto com Mnuchin, antes de confirmar o fim das negociações por meio de suas redes sociais.

— Foi uma surpresa a decisão do Trump. Neste momento, as pesquisas apontam que o republicano está atrás do democrata Joe Biden. Parece que Trump está fazendo uma estratégia arriscada, tentando jogar na conta da oposição a culpa para que não haja prosseguimento nos negócios — avalia Bernard Tamler, sócio e estrategista da Gap Asset.

Tamler destaca que a notícia afeta os mercados, que esperavam por mais uma rodada de estímulos fiscais nos EUA. Por isso, Bolsas encerraram em queda, enquanto o dólar subiu.

— Precisamos monitorar os próximos acontecimentos, inclusive se Trump realmente vai manter essa posição. Faltam menos de 30 dias para as eleições, cerca de 3 milhões de americanos já anteciparam seus votos, então é preciso avaliar de perto as novas movimentações — completa Tamler.

Pelosy e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, chegaram a conversar pessoalmente para azeitar as negociações sobre a aprovação do pacote fiscal na semana passada, primeiro contado desde agosto. Os representantes deveriam ter outra discussão por telefone na tarde desta terça.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail