A Unimed Teresina tem colocado em pauta temas importantes que servem de alerta para sociedade, principalmente porque são focados na prevenção. Entre esses temas estão o alerta e conscientização sobre o combate ao câncer de mama, câncer de próstata e, agora em dezembro, a luta contra as doenças sexualmente transmissíveis/AIDS, em alusão ao Dezembro Vermelho.

\"\"

Durante o Outubro Rosa, o Núcleo de Ação Integral à Saúde (NAIS), realizou palestras e ações informativas voltadas à disseminação de conceitos sobre a formação do tumor, sinais, sintomas do câncer de mama feminino e masculino, a importância do autoexame, como também o rastreamento e tratamento da doença. Houve, ainda, um encontro com a participação do médico mastologista Luiz Ayrton. O câncer de mama é o segundo mais comum entre as mulheres acima dos 50 anos, depois do câncer de pele não melanoma.

\"\"

No mês de novembro, durante a campanha do Novembro Azul, foram realizadas palestras na operadora e no Hospital Unimed Primavera (HUP), conduzidas pelo médico oncologista Sabas Vieira e pelo médico urologista Giuliano Aita, respectivamente. No Piauí, estimam-se 950 de novos casos de câncer de próstata em 2018, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA). De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, os homens a partir de 50 anos devem procurar um médico e realizar avaliação individualizada.

\"\"

Dezembro Vermelho

No mês de conscientização de prevenção da Aids, a Unimed Teresina, por meio do NAIS, já programa uma séria de ações direcionadas à inclusão do tema na pauta de discussão. Reforçando a necessidade de enfatizar sobre diagnóstico, tratamento e prevenção, o NAIS levará às empresas que fazem parte do programa saúde corporativa, palestras e dinâmicas sobre doenças sexualmente transmissíveis/AIDS. Válido destacar que, conforme o Ministério da Saúde, a taxa de mortalidade em decorrência DSTs passou de 5,7 a cada 100 mil habitantes, em 2014, para 4,8, em 2017.

\"\"