Vereador denuncia funcionários de postos de saúde na zona leste

Toda a população está sofrendo com o descaso

O vereador Ítalo Barros (PTC), denunciou na tarde desta sexta-feira(31),  na Rádio Jornal Meio Norte, a lentidão e a falta de atendimento nos postos de saúde da zona leste de Teresina, em destaque maior, para o bairro Socopo. Segundo ele, a região possui mais de 100 mil habitantes e toda a população está sofrendo com o descaso. Ele denuncia a negligência de funcionários que são os culpados do atendimento estar dessa forma. Ele sugere o ponto eletrônico para a entrada e as saídas dos funcionários. 


"O povo não pode sofrer com isso. Os vereadores já sugeriram ao presidente da FMS, que implante o ponto eletrônico, para que o profissional cumpra com sua obrigação, e não viajar, faltar ou ficar dormindo em casa. O poder público faz sua parte, mas os profissionais devem ter suas responsabilidades. O problema também é que lá naquela região tem 3 postos de saúde sendo construídos, que irão atender a Cidade Jardim, Socopo e Soinho. Nenhuma UBS foi terminada e estão indo para o Hospital São Carlos no Residencial Pedra Mole. É uma entidade filantrópica que agora está precisando da ajuda da Prefeitura de Teresina, pois está atendendo essas pessoas que estão sofrendo nessa região, apesar de não possuir estrutura suficiente. Hoje o Hospital São Carlos tem 96 funcionários com os seus salários atrasados", disse ele.

Ítalo também informou que as pessoas chegam a noite para guardar vaga para ser atendido no dia seguinte no posto de saúde da Socopo. O vereador obteve mais de 4 mil votos e mesmo não tendo muita experiência política, tem se destacada em sua atuação.


Fonte: FM Jornal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com