Vídeo mostra resgate de família que morreu após cair de ponte

A cidade de Miguel Alves está de luto.

O delegado do município de Miguel Alves, Francírio Queiroz, descartou a hipótese de falha mecânica no carro que estava ocupado pela família que morreu após afogamento em um riacho na zona rural da cidade.

De acordo com ele, somente após o resultado da perícia que será possível entender a dinâmica do acidente. “Nós estamos ouvindo várias testemunhas, já sabemos que não foi motivado por falha mecânica. Muitas pessoas estão dizendo que o veículo passou da ponte mas por algum motivo o motorista resolveu voltar, quando tudo aconteceu”, declarou.

Um vídeo gravado por moradores mostra o exato momento em que é feito o resgate dos corpos das seis vítimas. Na gravação é possível ver o trabalho do  Corpo de Bombeiros e várias pessoas tentando ajudar a salvar alguém com vida.

A população de Miguel Alves está bastante abalada já que as vítimas eram bastante conhecidas na localidade e estavam seguindo viagem para um povoado próximo, para passar o feriadão de Semana Santa.

No momento da queda do carro da ponte Riachão, o riacho, devido às fortes chuvas que têm caído nos últimos dias, encontrava-se muito cheio com fortes correntezas e bastante fundo.

As vítimas foram identificadas como José Helmo Mesquita de Sousa, sua esposa Leila Mara Sampaio Dias e o filho identificado apenas como Everton, 7 anos. Também estavam no veículo duas cunhadas de José Helmo e uma sobrinha, chamadas Lucelia Sampaio Dias, 37 anos, Pamela Gabriela Dias 17 anos e Evelin Kailane, de 7 anos.

Image title

Image title

Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com