mais

Violonista Sebastião Tapajós morre após sofrer mal súbito

O músico estava internado em Santarém, onde passou por uma cirurgia, e receberia alta neste domingo 3

Morreu na noite de sábado (2) em Santarém(PA), o violonista Sebastião Tapajós. Ele estava com 78 anos. O músico estava internado em Santarém, onde passou por uma cirurgia, e receberia alta neste domingo(3), mas teve um mal súbito e veio a falecer. Segundo informações do Sindicato dos Médicos(Sindmepa).

A Câmara Municipal de Santarém divulgou uma nota de pesar.

“O legislativo santareno reconhece o talento e o valor desse artista para a cultura santarena, que, com seu trabalho, levou o nome da Pérola do Tapajós para vários continentes. Foi em terras mocorongas [natural de Santarém ou que vive na região do Rio Tapajós] que Sebastião Tapajós escolheu viver seus últimos dias, ficando a gratidão do nosso povo. Ao mesmo tempo, os vereadores santarenos se solidarizam com familiares e amigos desse grande artista”.

Carreira

Sebastião Tapajós gravou mais de 50 discos, sendo o primeiro de 1967, com o nome de Violão e Tapajós, e o último, de 2014, com o título de Violões do Pará, em parceria com Salomão Habib.

Na década de 1970 fez turnês pela Europa ao lado de Paulinho da Viola e Maria Bethânia e gravou na Alemanha, e ainda lançou discos com temas regionais do Pará e da América Latina.

Músico estaria de alta no sábado, dia 3, mas passou mal- reprodução internetMúsico estaria de alta no sábado, dia 3, mas passou mal- reprodução internet

Prêmio Melhor Músico

No ano de 1992 recebeu o prêmio de Melhor Músico Brasileiro, concedido pela Academia Brasileira de Letras. Foi um músico de grande talento tendo ao longo da carreira, Sebastião Tapajós reinterpretou melodias e canções de grandes nomes brasileiros como Villa-Lobos, Radamés Gnattali, Guerra-Peixe, Cartola, Ary Barroso e Pixinguinha, além de pesquisar os ritmos da Amazônia e gravar discos em parceria com Hermeto Pascoal, Baden Powell, Sivuca, Gerry Mulligan, Oscar Peterson, Paquito D’Rivera e Astor Piazzolla.

Consagrado internacionalmente, Tapajós costumava fazer turnês por diversos países. Foi gravado por artistas como Emílio Santiago, Miltinho, Pery Ribeiro, Jane Duboc, Maria Creuza, Fafá de Belém, Nilson Chaves e Ana Lengruber.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail