Zona sudeste tem aumento de 70% nos casos de violência infantil

Conselheiros tutelares realizaram um ato para alertar a população

Os casos de violência infantil tiveram um aumento de 70% no intervalo de um ano na zona sudeste de Teresina. Por conta do dado alarmante, o II Conselho Tutelar de Teresina realizou, na manhã desta sexta-feira (27), a 1º Parada contra a Violência Infantil.

O dado é relativo ao ano de 2017 em comparação com o ano passado. Durante a atividade, foram entregues flores, panfletos informativos e os organizadores estenderam faixas que alertaram sobre a situação da violência infantil.

“Nós temos um colegiado que diz que houve um aumento da violência. Na zona sudeste, 52 crianças foram violadas sexualmente neste ano. Fomos às ruas chamar a atenção da população para esse dado em relação à negligência sofrida por muitos menores. Também, em colegiado, decidimos que todo ano, nesta mesma data, faremos a parada”, declara Maria Gorete Cardoso, conselheira tutelar.

O Conselho Tutelar é um órgão permanente, autônomo e não jurisdicional encarregado de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. Os conselheiros tutelares têm o papel de porta-vozes das suas respectivas comunidades, atuando junto a órgãos e entidades para assegurar os direitos dos menores de idade. Eles são eleitos através do voto direto da comunidade, para mandato de quatro anos.

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas é o órgão do município que trabalha em conjunto com o Conselho Tutelar na aplicação de políticas públicas e na sua estruturação.

"A Prefeitura mantém a Casa Reencontro, que recebe crianças vítimas de violência após decisão judicial. A Semcaspi também mantém um Comitê de Enfrentamento à Violência Infantil. Temos o compromisso com a causa de proteção à criança e ao adolescente, além de trabalhar de forma articulada com vários órgãos para evitar que esses casos ocorram", afirma o secretário Samuel Silveira. 

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com