Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Nova tragédia em Anísio de Abreu: Celso, filho do Pifano, é assassinado com um tiro a queima roupa quando trabalhava na roça

Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

Uma nova tragédia ocorreu na tarde desta quinta-feira (29) em Anísio de Abreu: Celso Sorrindo, filho do Pifano, do Baixão do Santo, foi assassinado com um tiro a queima roupa quando trabalhava em sua roça no bairro Bela Vista, próximo à estrada que dá acesso à cidade de Várzea Branca. Uma multidão se formou na funerária onde o corpo chego por volta das 16 horas, na avenida Capitão Manoel Luis.

As pessoas da cidade ainda nem se recuperaram direito do abalo por causa do tiroteio que resultou na morte de dois dos três acusados de assalto aos Correios na última segunda-feira e ocorre mais uma tragédia. Já há moradores dizendo que a cidade está precisando rezar muito e pedir proteção a Deus.

Comenta-se em Anísio de Abreu que já há o nome do suspeito da morte do Celso. Dizem que há alguns dias, Celso e um rapaz chamado João Luís, do bairro Bela Vista, haviam discutido por causa de terra e porque uns animais deste haviam entrado na roça da vítima. Segundo moradores, não se sabe como esses animais foram tratados na roça, mas o dono deles teria feito juras de morte ao proprietário do roçado.

A Polícia Militar, que também está ocupada com o problema das mortes da última segunda, já saiu a campo em busca do suspeito que, segundo policiais, é conhecido como João Luis, entretanto não está confirmado que seja mesmo o autor da morte. Ele é apenas um suspeito. A polícia já foi à casa dele e comprovou que está foragido. Então, os policiais deverão esclarecer mais este crime logo, já que todos envolvidos são pessoas conhecidas na cidade, onde praticamente tudo mundo se conhece.

INFORMAÇÕES MAIS RECENTES

De acordo moradores, o crime foi descoberto por volta das 16 horas, mas pode ter ocorrido pela manhã na porteira de acesso á roça, quando Celso havia chegado para trabalhar, isso porque o corpo já começava a ser tomado por formigas e estava em estado de decomposição.

Segundo informações extraoficiais, a rixa entre Celso e João Luís é antiga e que tudo começou também por causa de terras e de caixas colocadas na região para produzir mel. Há até a história de um veneno que teria sido colocado no capim, mas nada ainda foi confirmado pela polícia.






Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar