Uma delegação de Oeiras-Piauí desembarcou nesta terça-feira, 17, em Oeiras de Portugal, onde participa da Travessia das Letras - Festa Infantojuvenil da Língua Portuguesa, que se estenderá até o dia 22 de maio.

O convite para participar do encontro partiu dos portugueses e está inserido no contexto das celebrações pelos 200 anos de Independência do Brasil. A delegação oeirense desembarca em Portugal levando na bagagem o reconhecimento da UNESCO nas boas práticas educacionais, instrumentos musicais e a expertise de como educar com arte.

Na cidade-irmã, os oeirenses de cá participam de uma intensa programação que fomenta a troca de saberes e vivências com os oeirenses de lá. As duas Oeiras (Brasil e Portugal) são cidades geminadas desde 1988. A Travessia das Letras é um projeto de intercâmbio de cultura, conhecimento e amizade entre brasileiros e portugueses.

Recepção na sede do governo de Oeiras-Portugal

Nesta quarta-feira, 18, a delegação de Oeiras-Piauí foi recebida pelo senhor Francisco Rocha Gonçalves, vice-presidente da Câmara Municipal de Oeiras-Portugal, que no país europeu é um órgão do Poder Executivo, equivalente às prefeituras municipais no Brasil.

O encontro aconteceu no Palácio do Marquês de Pombal, sede do governo municipal de Oeiras-Portugal, e foi uma cortesia de boas vindas do Poder Executivo local aos oeirenses do Piauí.

Na oportunidade, nossa secretária municipal de Educação, Tiana Tapety, entregou ao vice-presidente um exemplar do livro “Boas práticas de gestão em educação municipal: o caso de Oeiras, Piauí”, lançado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em reconhecimento ao trabalho realizado no nosso município para desenvolvimento das políticas públicas necessárias para fortalecer a Educação.

Oeirenses na Travessia das Letras

Dentro da programação da Travessia das Letras, o professor Cícero Sobrinho, diretor da Escola Municipal Juarez Tapety, participa nesta quinta-feira, 19, de um debate sobre promoção da leitura com o escritor Daniel Munduruku e profissionais portugueses ligados à rede de bibliotecas no país.

No sábado, 21, o historiador Júnior Vianna e a coordenadora de Cultura e Arte da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), Kariny Santos, ministram a oficina Arte e Literatura de Oeiras: A Cidade Vogal do Piauí. No mesmo dia, a secretária Tiana Tapety debate com os jornalistas e gestores portugueses a formação de novos leitores.

Encerrando a programação, no domingo, 22, tem a apresentação dos bandolinistas dos Núcleos de Cultura da rede municipal de ensino de Oeiras-Piauí.