Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Moto taxista, teve moto roubada e por pouco não foi degolado

Moto taxista, teve moto roubada e por pouco não foi degolado
Moto taxista | Edinardo Pinto
Compartilhe

Sexta feira (02), um Moto taxista Antonio Uchoa, conhecido como Veio Tôi, teve sua moto roubada, segundo a vítima, por um elemento conhecido como Zezinho.



O mesmo foi fretado com destino ao Xique Xique ? Milton Brandão e na entrada da comunidade Açude dos Dandouras pediu para ele Moto taxista, primeiro passasse por lá por que tinha uns pertences, que iria levar e que ele não se preocupasse porque iria aumentar o valor do frete.

Após a entrada, já na estrada de chão que dá acesso a comunidade Açude dos Dandouras, segundo a vítima o acusado avançou no pescoço dele, com um punhal pedindo para que ele parasse a moto e colocasse no tripé porque queria a moto para fugir da polícia que andava em sua perseguição.

A vítima foi obrigada a ficar de joelhos no meio da entrada por volta do meio dia com o punhal escorado no seu pescoço, onde ele pediu para ele Zezinho levasse tudo, além da moto até mesmo o seu dinheiro, mais que o deixasse vivo que era pai de família e tinha três filhos e a esposa que dependiam dele.

Segundo Vei Tôi, o acusado disse que não queria dinheiro, queria matar ele e a moto. De repente uma moto fez barulho próximo e o acusado folgou o punhal um pouco do seu pescoço e de uma forma muito rápida ele puxou a cabeça por de baixo e correu para dentro de um cercado, onde o mesmo não conseguindo pegá-lo pegou a moto e saiu em direção a comunidade São Vicente, onde recebeu ordem de prisão pelo Sub Tenente da PM Gideão.

Segundo informações da autoridade policial, o mesmo chegou à troca três vezes de camisa, arrancou a placa da moto e tentou raspar a enumeração do chassi.

Após a prisão, o mesmo foi recambiado pela Polícia Militar para o DP de Pedro II, onde se encontra preso.

Antonio José de Macedo, conhecido como Zezinho, não tinha passagem pela polícia é casado pai de três filhos e era considerado pela população de Pedro II, como uma pessoa normal, calmo e que não era de confusão.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar