mais

Campanha incentiva comércio local em Uruçuí

Campanha “Comprando da vizinhança, eu fico em casa” apoia comerciantes e produtores locais

Campanha incentiva comércio local em Uruçuí
| Bunge alimentos


Fundação Bunge, idealizadora da iniciativa, promoverá curso de Empreendedorismo e Gestão de Pequenos Negócios para os comerciantes cadastrados nas quatro regiões onde o projeto está presente. Campanha incentiva comércio local em Uruçuí - Imagem 1

Prestes a completar um ano desde o seu lançamento, a campanha “Comprando da Vizinhança, eu fico em casa”, lançada pela Fundação Bunge em parceria com a Prefeitura de Uruçuí, Câmara de Dirigentes Lojistas de Uruçuí e Uruçuí de Sucessotem incentivado e apoiado produtores e comércios locais, estimulando os clientes a ficarem em casa. O projeto identifica e conecta os micro e pequenos empreendedores locais aos consumidores por meio das redes sociais (Instagram, Facebook e WhatsApp)e telefone. Hoje, além de Uruçuí (PI), o projeto também está presente em Gaspar (SC), Cabo de Santo Agostinho (PE) e Rondonópolis (MT).

Baseado na cultura colaborativa que integra comunidade e empresas, a iniciativa vai ao encontro do aumento da busca por produtos e serviços on-line, especialmente alimentos, nos últimos 12 meses, em função da pandemia. Segundo a pesquisa Shopping During The Pandemic, realizada pela Ipsos, 47% dos brasileiros têm feito mais compras online do que faziam antes da Covid-19. No setor alimentício, de acordo com o estudo da Global ConsumerInsights Survey 2020, da PwC, 53,4% dos consumidores brasileiros informaram ter realizado compras de alimentos pela internet no último ano, enquanto 50,3% afirmaram terem optado por serviços on-line de entrega de alimentos.

Para a diretora da Fundação Bunge, Cláudia Buzzette Calais, a pandemia evidenciou a economia digital e a necessidade do consumidor estar mais integrado ao meio em que vive. O projeto foi a forma que a Fundação e demais entidades parceiras encontraram para estimular o comércio de algumas cidades menores, longe das principais metrópoles do País, em que o movimento de aplicativos de entrega e e-commerces ainda não entrou no dia a dia dos habitantes. “É uma alternativa para colaborar com a renda desses empreendedores, expandir o alcance de seus produtos e serviços, e, ao mesmo tempo, incentivar o consumo seguro ao evitar aglomerações e contatos sociais durante este período”, comenta a executiva.

Em Uruçuí, Delícias Caseiras da Géssica, que produz bolos, doces, pudins e pães; o restaurante Texas Uruçuí, que também vende produtos locais; Delícias da Vovó Giroto, que comercializa bolos, tortas, pizzas, salgados, biscoitos, geleias, pães e tábuas de frios; bem como a Cajuína Olho D’água, que dedica-se à produção de cajuína – uma bebida típica da região –, são exemplos dos comércios da cidade cadastrados no projetoOs empreendimentos participantes são variados, passando pela área de alimentação, vestuário e moda, beleza entre outros serviços.

Cajuína Olho D’água (@cajuinaolhodagua), por exemplo, tem a missão de levar às mesas da região o que há de melhor do Nordeste. Comprometida com a sustentabilidade e geração de renda, o negócio realiza ações que vão desde a reciclagem até geração de renda extra para famílias carentes. Além da produção da própria cajuína, o empreendimento também produz e comercializacastanhas, doces de caju, cocada e torresmo.

Apesar de terem sido comercializadas apenas em 2017, as primeiras sementes, do que hoje se produz na empresa,foram plantadas ainda na década de 1990 devido à necessidade de sustento. “Os pedúnculos do caju eram usados para alimentar o gado no verão e a castanha trazia uma renda extra para várias famílias piauienses”, explica a empreendedora Karlanny Pinheiro Zang.  “A nossa visão é que tudo isso chegue não só à mesa e ao coração dos piauienses e nordestinos, mas de todos os brasileiros e,quem sabe, do mundo”, complementa a empreendedora.

Estes negócios citados acima compõem o kit que você recebeu juntamente com este texto. 

Todos os negócios locais participantes do Comprando da Vizinhança de Uruçuí podem ser acessados pelo Instagram@urucui_comprandodavizinhanca.

 

Aprimorando conhecimentos

Neste ano, em parceria com o Instituto Federal de Santa Catarina-Campus Gaspar, a Fundação Bunge promoverá um curso de Empreendedorismo e Gestão de Pequenos Negócios, com carga horária de 80 horas, para os comerciantes das quatro regiões do projetoSerão abertas 40 vagas destinadas aos cerca de 1.200 comerciantes cadastrados no programa, com seleção baseada no nível de envolvimento do comércio com o projeto e nas características técnicas, como capacidade de fornecimento para grandes empresas e segmentos de mais impacto comercial para a região. 

 

Para acompanhar ou obter mais informações sobre a iniciativa em Uruçui e demais regiões, acesse:

Uruçuí: https://www.instagram.com/urucui_comprandodavizinhanca

Rondonópolis: https://www.instagram.com/roo_comprandodavizinhanca/

Cabo de Santo Agostinho: https://www.instagram.com/cabo_comprandodavizinhanca

Gaspar: https://www.instagram.com/gaspar_comprandodavizinhanca/

 

Os empreendedores interessados em divulgar seus produtos e serviços devem preencher o formulário online:  https://forms.gle/XZKbjCraCpqSbzMN6  que também está disponível na bio do perfil. 

 


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail