mais

Rumo ao bilhão: Flamengo terá faturamento recorde em 2021

Superando metas orçamentárias, o clube já passou seu faturamento de 2019, melhor ano de sua história

Rumo ao bilhão: Flamengo terá faturamento recorde em 2021
| Evandro Carvalho

Quase R$1 bilhão. Esse é o valor que o Flamengo terá de faturamento em 2021, o maior de sua história. Mesmo com todas as dificuldades impostas pela pandemia, o rubro-negro fechará o ano com uma arrecadação que já gira em torno de R$ 980 milhões e, se chegar às finais da Copa do Brasil e da Libertadores, poderá alcançar a marca de R$ 1 bilhão.

Mesmo assim, se fechar em R$980 milhões, o clube carioca já terá um faturamento 59% acima do ano passado e R$50 milhões a mais do que em 2019, considerado pelo Flamengo o ano de maior faturamento de sua história.

Continua depois da publicidade

Mesmo assim, o clube ainda não está satisfeito com os resultados. Em entrevista concedida ao Globo Esporte, Rodrigo Tostes, vice-presidente de Finanças do Flamengo, falou que o resultado é digno de comemoração, mas ainda há projetos em vista para aumentar o faturamento.

“A receita será maior do que em 2019, ano em que ganhamos tudo. E não batemos no teto. O esforço que fizemos na pandemia mostra o potencial que o clube tem. Como fizemos? Com gestão. A pandemia desencadeou um enorme trabalho de equipe, controle de custos e aumento de receita. É um resultado digno de se comemorar, mas temos que seguir alertas trabalhando duro. Temos projetos para aumentar significativamente, não estamos satisfeitos”, afirmou Tostes ao GE.

Com as consequências da pandemia, sem receita de bilheteria e jogos em estádio, além da queda do sócio torcedor, a gestão do Mengo teve que apostar em outras ações para compensar o dinheiro que deixou de arrecadar.  Contrato de milhões com o novo patrocinador, Mercado Livre, firmado em abril; recebimento das cotas de TV do Brasileiro; uma rígida gestão; trabalho em conjunto entre as pastas; as vendas dos jogadores Gerson para o Olympique de Marseille e Rodrigo Muniz ao Fulham; plataforma de streaming; BRB; maior engajamento nas redes sociais. São muitas as ações (e inovações) que o Flamengo apostou para subir seu faturamento. “Em um ano de pandemia, sem bilheteria e com queda de sócio-torcedor, mantivemos performance esportiva e conseguimos aumentar receita, diminuímos dívida e aumentamos investimento. Como foi feito? Com trabalho em conjunto. Jurídico, futebol, financeiro, marketing... O processo de gestão de custos. Seguramos para não gastar o que não era essencial. No futebol, tivemos de venda bruta (sem descontar a comissão de empresários, por exemplo) um valor de R$100 milhões a mais do que o orçamento previa”, contou Tostes ao GE.

Pensando fora da caixa: FlaTV+ e BRB

Hoje, com estrutura de uma empresa de entretenimento e com foco em fidelizar cada vez mais seus torcedores, o Flamengo vem pensando fora da caixa para alcançar um faturamento invejável. Uma plataforma de streaming e um banco digital fazem parte dessas ações.

O clube, que já conta com a FlaTV, deve lançar, em outubro, a FlaTV+, um serviço de streaming com mais programas, entrevistas e treinos, por exemplo. “Devemos lançar ainda em outubro a FlaTV+, uma espécie de TV por assinatura para quem quer saber ainda mais do Flamengo. Vai ficar entre R$15 e R$20 e o sócio vai pagar a metade. Com o tempo, o projeto vai crescer” afirmou o vice-presidente de Comunicação de Marketing do Flamengo, Gustavo Oliveira, também à entrevista do Globo Esporte.

Continua depois da publicidade

Além disso, o Nação BRB FLA, banco digital fruto de uma parceria entre o Mengo e o Banco BRB, atingiu seus dois milhões de clientes após apenas 13 meses do seu início da operação, mostrando o tamanho e o engajamento da torcida rubro-negra.

Será que o Flamengo conquista tudo esse ano?

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail