É incontestável que de uma forma quase geral os integrantes da arte real entendam-na pelos conhecimentos hauridos das raras instruções, cujo resultado é obtido através de uma silhueta superficial e de acordo com o tempo de sua estada na ordem maçônica. Sob este aspecto, aprende-se que ?A maçonaria é uma instituição essencialmente iniciática, filantrópica, educadora e evolucionista; proclama a prevalência do espírito sobre a matéria; pugna pelo aperfeiçoamento moral, intelectual e social da humanidade por meio do cumprimento inflexível? do dever da prática desinteressada da beneficência e da investigação constante da verdade.

?Seus fins supremos são: liberdade, igualdade e fraternidade?.

SER MAÇOM É...

Conheceu a se mesmo na meditação; cultivar os princípios da filosofia; dar-se ordeiro e lealmente com alegria; ser fiel guardião das Leis e Nação. Opor-se ao mau: Vaidade luxuria magia...; doar-se na fé, sem visar compensação; amar ou julgar sempre com moderação, valorizando a justiça, a família e a maçonaria. Ser bom filho, ser bom pai, ser irmão de verdade; ajustar-se à harmonia em prol do sucesso que flui no progresso entre Deus e a Humanidade. Exemplo: Ser justo, perfeitos e diversos na liberdade, na igualdade e na fraternidade; e ser grato ao Grande Arquiteto do Universo.

POR QUE SOU MAÇOM?

Porque no seio da maçonaria eu estou aprendendo a ser bom, leal, generoso e feliz. Descobri o caminho para amar a Deus, mas não pelo temor ao castigo ou pelo interesse de receber um premio. Amá-lo sim, porém com a pureza da alma, com desprendimento e abnegação, procurando sempre repelir falsas teorias e vergonhosos fanatismos. A maçonaria não é obra exclusiva de uma época; pertence a todas as épocas e, sem aderir a nenhuma religião encontra grande verdade em todas elas. A maçonaria ostenta e verdade comum as religiões superiores que formam a abóbada de todos os credores. Não se apóia se não a dois sustentáculos extremamente simples: O amor a Deus e amor aos Homens, que levam em si a divindade e caminha para ela.

Não tem um só símbolo que não seja a aplicação de alguma verdade transcendente. Não possui um só mistério que não cubra a prática de alguma virtude. Nenhuma verdade responde mais do que aquela que dar à maçonaria o seu lugar como a melhor benfeitoria da humanidade: Onde há alguma dor ela consola; onde há uma lágrima, ela enxuga; onde há um órfão ela ampara, onde há um ignorante, ela ensina; onde há um criminoso, ela aconselha; onde há um virtuoso, ela dele se apropria; onde há um bem, ela o pratica. É digna do Divino Filho de Maria.

A maçonaria tem para mim, a grande virtude de esconder-se para fazer o bem. É o contrário de outras sociedades, que só se escondem para fazer o mau. Enquanto não fui maçom, eu era um cego; depois que entrei para a maçonaria, creio como quem vê. A maçonaria guia o homem para a conquista da verdade, que é Deus, com o a coluna de fogo que guiava o povo de Moisés à conquista da terra da promissão. A maçonaria é para os homens de ação o que a estrela do oriente foi para os Reis Magros; um guia fiel. A maçonaria é uma escola de sublimes virtudes que por meio de sublime mistério, toca o coração humano e o conduz ao exercício de todas as virtudes.

Trabalho pesquisado pelo irmão: Aldemir Thomas