O advogado Matheus Tersandro de Castro Brandão, de 24 anos, foi preso na noite de sexta-feira (01), acusado de portar e exibir arma de fogo e causar tumulto nos festejos do município de Campo Maior. A confusão teria ocorrido em uma das barracas instaladas na Praça do Primo. 

De acordo com informações do 15º Batalhão da Polícia Militar de Campo Maior, o advogado sacou arma de fogo, uma pistola calibre 380,  em uma das barracas durante os festejos da cidade. Assustados, populares presentes no local acionaram policiais militares que faziam a segurança do evento. 

Arma apreendida com o advogado
Arma apreendida com o advogado

Segundo a polícia, o advogado estava visivelmente sob efeito de bebida alcoólica.  Por isso, Matheus Terçando foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e em seguida encaminhado para Delegacia de Polícia Civil.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)-Seccional Piauí foi notificada, mas ainda não se pronunciou sobre o caso.