Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Bandido tenta assaltar casa de suingue e acaba morto por cliente

Houve troca de tiros e um dos criminosos foi baleado e morreu.

Compartilhe

Dois homens foram mortos a tiros na madrugada deste domingo (2) em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Uma das vítimas foi baleada em frente a uma boate que pertencia ao empresário Ricardo Vatanabe, o "Japonês do Funk", que foi assassinado na última terça-feira (27). A outra morte aconteceu dentro de uma casa de suingue, local frequentado por alguns casais para uma "troca" de parceiros.

De acordo com informações das Polícias Militar e Civil, o primeiro homicídio aconteceu por volta das 4h, no cruzamento da avenida Doutor Roberto de Almeida Vinhas e a rua Tupi, em frente a uma casa noturna que pertencia ao empresário Ricardo Vatanabe. Segundo a polícia, cerca de 100 pessoas estavam na porta da boate quando dois homens em uma moto passaram atirando no local. Um homem foi baleado e chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo. Ainda de acordo com a polícia, a vítima tem passagem policial por tráfico de drogas.


Bandido tenta assaltar casa de suingue e acaba morto por cliente

Por volta das 5h30, outro crime foi registrado. Desta vez, a morte aconteceu dentro de uma casa de suingue na Avenida Presidente Kennedy. Três homens entraram no local, perguntaram os preços dos serviços e anunciaram o assalto. Um deles estava armado. Eles pegaram cerca de R$ 400 do caixa do estabelecimento e objetos pessoais dos clientes. Um homem, que estava no local, estava com uma arma e disparou em direção aos criminosos. Houve troca de tiros e um dos criminosos foi baleado.

Mesmo baleado, o assaltante conseguiu fugir com os comparsas, mas acabou sendo deixado em um dos hospitais da cidade e acabou morrendo pouco tempo depois. O dono do estabelecimento chegou a ir até o PS e reconheceu o homem. A perícia técnica foi até a boate e também analisou o local do crime.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar