Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Churrasco termina em violência e morte em Brasília

Dois dos convidados se desentenderam e um foi esfaqueado

Compartilhe

O que era para ser um simples churrasco de confraterniza??o entre amigos terminou em assassinato em Santa Maria. A festa, que come?ou na tarde de domingo, s? foi terminar na madrugada desta segunda-feira, ap?s um grupo de cinco homens invadir uma resid?ncia na QR 304, de Santa Maria. Cinco pessoas foram espancadas e objetos da casa roubados. Segundo a delegada Martha Vargas, chefe da 33? DP (Santa Maria), o grupo agiu com requintes de crueldade. Diego Robles Silva, 21 anos, levou v?rios golpes de tesoura no abd?men e morreu no local.

No entanto, a primeira confus?o do churrasco aconteceu ontem ? tarde. Dois dos convidados se desentenderam e um foi esfaqueado. O autor fugiu e a Pol?cia Militar foi chamada. Apesar da agress?o, a v?tima alegou que teve ferimentos leves e n?o quis registrar ocorr?ncia. ?Ele apenas se retirou da resid?ncia?, afirmou a delegada. A festa prosseguiu at? por volta 3h30 desta segunda-feira. Estavam na casa o propriet?rio e quatro convidados, todos com idade entre 20 e 30 anos, entre eles uma mulher. Eles foram surpreendidos por um grupo de cinco homens. Os rapazes cortaram o fornecimento de luz e pularam o muro da resid?ncia.

De acordo com a delegada, um integrante do grupo foi respons?vel pela agress?o com facada na primeira confus?o. Ele era apenas conhecido do propriet?rio da casa e foi expulso do churrasco ap?s atingir um convidado da festa. Os cinco rapazes come?aram a agredir o dono do local com uma garrafa de vidro e jogaram os demais no ch?o.

Ap?s serem amarrados, os criminosos colocaram dois colch?es por cima das v?timas. ?Eles falavam que iam atear fogo nos colch?es e matar todos porque queriam ver sangue?, disse a respons?vel pela investiga??o. O grupo, ent?o, arrastou Diego Robles Silva para um canto da casa e come?ou a aplicar os golpes de tesoura.

Al?m de matar um dos convidados, os criminosos cortaram o pulso de outra pessoa com estilha?o de garrafa de vidro e bateram na cabe?a do propriet?rio da resid?ncia com uma barra de ferro at? ele desmaiar. Antes de fugirem do local e levarem aparelhos eletr?nicos e pe?as de roupa das v?timas, o grupo tirou o lacre de um botij?o de g?s e ateou fogo nos colch?es. Segundo a delegada, as v?timas conseguiram se desamarrar e evitar a explos?o.

A pol?cia j? tem os nomes dos suspeitos. ?A nossa equipe est? em busca dos acusados neste momento. J? prendemos duas pessoas e os outros tr?s foram identificados?, adiantou a delegada. Um dos detidos ? menor de idade e foi encaminhado a DCA. Outro rapaz preso tem mais de 18 anos. Com ele foram encontrados alguns dos objetos roubados. De acordo com a chefe da 33? DP, ele vai responder por latroc?nio (roubo seguido de morte). Se condenado, pode pegar de 20 a 30 anos, podendo ter a pena aumentada por tentativa de homic?dio das outras pessoas que estavam na festa.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar