Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Funcionária é acusada de roubar R$ 2,1 mi de banco

Veronica Fong, 44 anos, enfrenta agora 22 acusações de obter dinheiro via fraude

Compartilhe

Uma funcion?ria com 21 anos de trabalho no banco St. George, situado no bairro Kogarah, em Sydney, foi acusada de desviar 1,4 milh?o de d?lares australianos (R$ 2,1 milh?es) para contas nos nomes de seu pai e seu ex-marido. As informa?es s?o do jornal Leader e do The Sydney Morning Herald.

Veronica Fong, 44 anos, enfrenta agora 22 acusa?es de obter dinheiro via fraude no per?odo de 2000 a 2008. Ela foi demitida esta semana, ap?s os delitos terem sido descobertos por uma auditoria do banco.

Segundo a pol?cia, o dinheiro supostamente desviado pela ex-funcion?ria n?o foi encontrado. A investiga??o n?o conseguiu localizar nem mesmo poss?veis gastos que pudessem justificar para onde os recursos roubados foram desviados.

Como parte de seu trabalho, ela acessava o sistema do banco com as senhas dos funcion?rios para os quais dava treinamento e fazia as movimenta?es para as contas de seus parentes, na forma de empr?stimos que acabaram nunca sendo pagos.

As a?es de Fong burlavam uma norma interna do banco, que proibia que os funcion?rios movimentassem suas contas particulares ou de parentes.

A ex-funcion?ria n?o se alegou culpada ou inocente na audi?ncia da ?ltima segunda-feira, mas o valor da fian?a foi depositado em seu nome e ela vai responder ao processo em liberdade. O caso continua a ser julgado na corte central de Sydnei, no pr?ximo dia 22 de abril.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar