Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Juiz manda soltar policial acusado de matar jovem em Teresina

Crime aconteceu em outubro de 2017, no bairro Renascença II

Compartilhe
Google Whatsapp

O policial militar Rivaldo Vieira da Silva Filho teve sua prisão revogada pelo juiz Luiz de Moura Correia da Central de Inquéritos.  Ele é acusado de matar Cosme Damião dos Santos Neto em outubro de 2017 no bairro Renascença II, na zona Sudeste de Teresina.

Na decisão, o magistrado alega em síntese, que o investigado é servidor público, nunca respondeu a processo criminal de qualquer natureza e se compromete a comparecer sempre que necessário para qualquer esclarecimento. Não subsistindo os fundamentos da prisão temporária.

Em nota enviada à imprensa, o advogado Gustavo Brito Uchoa, que defende o acusado, disse que a prisão temporária, como o próprio nome sugere, tem caráter de provisoriedade, e somente pode ser decretada quando se tornar imprescindível à elucidação dos fatos.

Ainda segundo ele, Rivaldo Vieira acusado detentor de primariedade e bons antecedentes, policial civil de conduta irrepreensível, sempre disponível a colaborar com as investigações, o que foi reconhecido pelo eminente juiz

Advogado Gustavo Brito Uchoa
Advogado Gustavo Brito Uchoa


ENTENDA O CASO

A equipe da Delegacia de Homicídios do Piauí prendeu na manhã da última terça-feira (10), o soldado da Polícia Militar Rivaldo Vieira da Silva Filho, acusado de matar um jovem em outubro de 2017 no bairro Renascença II, na zona Sudeste de Teresina.

Segundo a investigação da polícia civil, Rivaldo executou a vítima, identificado como Cosme Damião dos Santos Neto, de 21 anos, que estava parado na porta de sua casa. A mãe do jovem morto Luciana de Sousa Santos, ainda chegou a ser atingida no peito ao tentar defender o filho do tiroteio.

Cosme era acusado de realizar roubos na região do Grande Dirceu e usava uma tornozeleira eletrônica no dia em que foi assassinado. Logo após atirar contra a vítima, o cabo fugiu em uma moto.

Ainda não se tem informações sobre qual teria sido a motivação do crime. O delegado Francisco Costa, o Baretta, é o responsável por investigar o caso.


Rivaldo se apresentou na Delegacia de Homicídios
Rivaldo se apresentou no Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa


Cosme Damião dos Santos Neto foi morto em outubro de 2017
Cosme Damião dos Santos Neto foi morto em outubro de 2017




Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×