Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Liberação de corpo provoca confusão no IML

Homem fica de 7h às 13h30 tentando resgatar o corpo do irmão morto em acidente na BR-316 em THE

Compartilhe

A dificuldade de libera??o do corpo do motorista Raimundo Luis Soares do Nascimento pelo IML (Instituto M?dico Legal) causou muita confus?o no in?cio da tarde deste domingo, dia 24, na institui??o, com a discuss?o acalourada entre os parentes e funcion?rios do instituto.

O irm?o de Raimundo Luis Soares do Nascimento, Valdemar Luis do Nascimento, afirmou que o corpo foi encontrado na sexta-feira na rodovia BR-316, no bairro Tabuleta. Segundo Valdemar Luis, algumas testemunhas afirmaram que ele foi v?tima de um acidente na rodovia federal.

Na manh? de deste domingo, dia 24, Valdemar Luis descobriu que o corpo do irm?o estava no IML e levou c?pia da carteira de identidade , laudo da morte emitido pelo Hospital Municipal do Parque Piau? e certid?o de nascimento.

?Quando cheguei no IML foi orientado a prestar queixa na Delegacia de Pol?cia. Eu fiz isso. Quando voltei para o IML disseram que n?o precisava ter ido para a delegacia porque a causa da morte foi natural e deveria procurar o Necrot?rio do Hospital Get?lio Vargas. Fui ao hospital e disseram que quem tinha de liberar o corpo era o IML. Voltei ao IML e eles mandaram eu voltar novamente ao Necrot?rio porque o corpo estava apenas na geladeira do instituto, mas quem tinha mandado era o hospital. Quando cheguei no Necrot?rio novamente, eles mandaram voltar novamente para o IML, que n?o quer entregar o corpo. Eu n?o posso ficar nessa situa??o. N?s temos que sepultar o corpo de meu irm?o?, declarou Valdemar Luis, que tinha iniciado esse procedimento ?s 7h de ontem e ?s 13h30 ainda n?o tinha conseguido a libera??o do corpo.

A sobrinha de Raimundo Luis, Maura Andrea Cardoso de Amaral, teve uma crise de choro por causa da n?o libera??o do corpo e do vai e vem de ordens e contraordens.

?N?s temos os documentos, o caix?o e n?o podemos liberar o corpo para sepult?-lo?, falou Maura Andrea, chorando muito.

O IML informou que o corpo estava na geladeira emprestada para o Necrot?rio do HGV, que deveria ir pegar e liberar o corpo.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar