A Polícia Civil de Esperantina cumpriu na quinta-feira (27), um mandado de prisão preventiva em desfavor de Maria do Carmo Silva, conhecida popularmente como, Celia.

Segundo o delegado regional da 13ª Delegacia de Policia Civil, Leonardo Alexandre, a investigada foi presa por suposta participação no crime de homicídio qualificado ocorrido em fevereiro de 2018 em Esperantina e que teve como Vítima, Leonardo Rodrigues Cardoso.

Leonardo Alexandre declarou que na ocasião a vítima foi assassinada com golpes de madeira na cabeça.

O delegado informou ainda que o autor do crime foi Antonio Carlos da Silva, que também encontra-se preso preventivamente.

Leonardo Alexandre disse que a prisão de Célia, ocorreu durante uma audiência no Fórum Desembargador Walter Carvalho Miranda.

O delegado disse ainda que a presa responde a outro processo criminal por tráfico de drogas no passado.