A Operação Cronos, de iniciativa do Ministério da Segurança Pública em parceria com o Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil, com o objetivo de combater os homicídios e feminicídios (tentados e consumados) em todo Brasil, inclusive resultando na prisão de 14 suspeitos no Piauí, também foi desencadeada no vizinho estado do Maranhão, onde 16 suspeitos foram capturados.

No Maranhão, uma prisão foi efetuada por tentativa de feminicídio. No total, a operação contabilizou: 9 cumprimentos de mandados de prisão preventiva em São Luís, Caxias, Timon e nas regiões de Rosário, Chapadinha, Pinheiro, Bacabal; 4 cumprimento de mandados de prisão temporária nas regiões de Chapadinha, Açailândia e Pinheiro; 1 cumprimento de sentença condenatória na região de Itapecuru; 1 adolescente menor de idade apreendida em Lagoa Grande e 2 pessoas autuadas em flagrante.

Além do Piauí e Maranhão, foram cumpridas prisões no Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Groso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Carlos, vulgo “volpone” (Crédito: Divulgação)
Carlos, vulgo “volpone” (Crédito: Divulgação)