Moradores do Complexo do Alemão relatam uma quinta-feira (21) de muito medo. Blindados nas ruas, rajadas incessantes e até tiros de grosso calibre contra um helicóptero da polícia estão entre os testemunhos enviados à TV Globo.

Desde as primeiras horas da manhã, o Bope e o Core, grupos de elite das polícias Militar e Civil, estão nas favelas em uma operação conjunta para combater o roubo de veículos, de carga e a bancos. Até a última atualização, uma moradora, um PM e dois suspeitos tinham morrido no confronto.

Cápsulas recolhidas no Complexo do Alemão - Foto: Betinho Casas Novas/TV GloboCápsulas recolhidas no Complexo do Alemão - Foto: Betinho Casas Novas/TV Globo

A presença de membros desse grupo criminoso no conjunto de favelas que forma o Alemão teria sido detectada a partir de "informações dos setores de inteligência" do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) da PM e do Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) da Polícia Civil.

A PM confirmou que 400 agentes participam da operação no Alemão, com o auxílio de quatro aeronaves e dez veículos blindados.

“Não tem como nem entrar nem sair da comunidade. É muito tiro, muito tiro mesmo. Muita rajada. Mais cedo, também teve granada. Tá muito complicado”, disse um morador. “Helicóptero passando e os tiros não param. Também não irei trabalhar hoje, vou faltar. Assim como a maioria do pessoal aqui da comunidade”, emendou.