Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Policial mata mulher em boate e comete suicídio em SP

Apesar de ser casado, testemunhas afirmam que os dois teriam um romance

Compartilhe

O policial civil Marcelo Lopes, de 36 anos, matou a funcionária pública Sara Lima e cometeu suicídio na madrugada de hoje dentro de uma boate em Caraguatatuba, no litoral norte paulista.

Apesar de ser casado, testemunhas afirmam que os dois teriam um romance. Segundo a polícia, eles chegaram separados à danceteria Club Lost, na região central da cidade.

No local, foram vistos abraçados. Sara, que tinha 27 anos, saiu com uma amiga e ao voltar, abraçou novamente Marcelo, que neste momento, sacou a arma e fez um único disparo à queima roupa. Em seguida, deu um tiro na própria cabeça.

Nenhuma das pessoas ouvidas pela polícia relatou tê-los visto discutindo. Sara trabalhava com o investigador na Delegacia de Investigações Gerais (Dise) e era funcionária pública da Câmara Municipal de São Sebastião.

Para a polícia, o crime foi passional e um inquérito será aberto para esclarecer o motivo das mortes. Os dois foram enterrados nesta tarde


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar