Encerrou nesta quarta-feira (18), a operação de direitos humanos ONEESCA VIII – PARADOR 27, difundida por todo o estado do Piauí, que visa combater a exploração sexual contra crianças e adolescentes. 

A atual edição realizou fiscalizações em diversos pontos pelo estado, ponto estes considerados de vulnerabilidade para essa prática, sendo eles em rodovias federais ou em áreas de interesse da União. 

Essa operação foi uma atividade conjunta com Conselho Tutelar, Ministério Público Estadual, Ministério Público do Trabalho, Policia Militar e Polícia Civil. 

PRF-PI realiza operação contra exploração sexual 79 menores resgatados - Foto: Divulgação/PRFPRF-PI realiza operação contra exploração sexual 79 menores resgatados - Foto: Divulgação/PRF

As fiscalizações tiveram um alcance superior a 2.000 pessoas, tendo sido registrado 79 menores em situação de vulnerabilidade resgatados. Mais de 85 PRFs no Piauí foram acionados, contabilizando quase 500 horas em serviço somente nessa operação.

A PRF ainda gostaria de frisar a importância de ser relatada qualquer movimentação ou exposição de crianças e adolescentes em estado de vulnerabilidade. As denúncias podem ser feitas por meio do Disque 100 e do Ligue 180, elas são gratuitas e podem ser anônimas.

PRF-PI realiza operação contra exploração sexual 79 menores resgatados - Foto: Divulgação/PRFPRF-PI realiza operação contra exploração sexual 79 menores resgatados - Foto: Divulgação/PRFPRF-PI realiza operação contra exploração sexual 79 menores resgatados - Foto: Divulgação/PRF

Qualquer pessoa pode acionar o serviço, que funciona diariamente, 24 horas. Entre os grupos atendidos pelo Disque 100, estão crianças e adolescentes, pessoas idosas e pessoas com deficiência. Já as denúncias de violência contra a mulher são registradas pelo Ligue 180. A PRF pode também ser acionada pelo 191.