Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Suspeito de matar testemunha é assassinado em SC

Dilmar foi encontrado desmaiado em sua cela por dois agentes

Compartilhe

O suspeito de matar uma das únicas testemunhas do caso de divisão do prêmio da Mega-Sena disputada por patrão e empregado em Santa Catarina, morreu após agressão ocorrida numa cela do Presídio Regional de Joaçaba, cidade localizada a 340 km a oeste de Florianópolis.

Dilmar Ferreira de Souza foi preso na última quinta-feira por investigadores da Polícia Civil de Herval D"Oeste. Ele, que era foragido da Justiça, teria confessado à polícia ter matado com várias pedradas o andarilho Vilson Salvadori, 49 anos, após uma discussão ocorrida próxima a uma linha férrea.

A vítima era a principal testemunha na disputa judicial que o empresário Altamir José da Igreja e seu ex-funcionário Flávio Júnior Biassi travam pelos R$ 27,7 milhões de uma aposta da Mega-Sena ocorrida em setembro de 2007. O assassinato não teria relação com o prêmio.

De acordo com as informações divulgadas pela Polícia Civil, Dilmar foi encontrado desmaiado em sua cela por dois agentes penitenciários. Ele morreu antes da chegada de uma ambulância e a principal suspeita é a de que tenha sido agredido durante a tarde. Um dia após ser preso, ele chegou a ser transferido de cela, pois teria sido ameaçado de morte por outros detentos.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar