Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Ainda interino, Joaquim Barbosa ocupa hoje presidência do STF

Relator do mensalão assume amanhã Corte mais alta do País

Ainda interino, Joaquim Barbosa ocupa hoje presidência do STF
Com presença de Dilma, ministro Joaquim Barbosa assume presidência do Suprema nesta quinta-feira (22) | Reprodução
Compartilhe

O ministro Joaquim Barbosa, relator do processo do mensalão, vai se sentar pela primeira vez na cadeira da presidência do STF (Supremo Tribunal Federal) nesta quarta-feira (21). O privilégio, no entanto, ainda não é definitivo, já que ele só assume oficialmente o posto nesta quinta-feira (22).

A sessão começa às 14h (horário de Brasília) e o primeiro desafio de Barbosa será comandar ao cálculo das penas dos deputados João Paulo Cunha (PT-SP), Pedro Henry (PP-MT) e Valdemar Costa Neto (PR-SP), condenados no processo do mensalão.

A cerimônia de posse, marcada para às 15h de amanhã, terá as presenças da presidente Dilma Rousseff, o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, e o presidente do Senado, José Sarney.

Barbosa vai ocupar hoje o lugar de Carlos Ayres Britto, na 47ª sessão do mensalão, porque é o atual vice-presidente do Supremo. Já Ayres Britto se aposentou compulsoriamente na última quarta-feira (14), porque completou 70 anos de idade.

?A toga gostou dos meus ombros?, diz Ayres Britto

Após nove anos de Supremo e eleito para a presidência da Casa em abril deste ano para o mandato 2012-2014, Ayres Britto disse na despedida que não ?perdeu a viagem? ao assumir o cargo de ministro.

? Dei tudo de mim e aprendi muito com todos os ministros com quem trabalhei. [...] A toga gostou dos meus ombros.

Seu sucessor, o ministro Joaquim Barbosa é conhecido por seu forte temperamento, pela fama de brigão e por ser considerado ?linha dura?. Filho de um pedreiro e de uma dona de casa, ele cresceu discriminado na pequena cidade mineira de Paracatu.

O primeiro negro a presidir a mais alta Corte do País assume o cargo exatamente em um dos momentos de maior evidência do Supremo, quando ocorre o julgamento do mensalão. Barbosa, inclusive, foi o principal algoz dos réus condenados no processo.

Agora aposentado, Ayres Britto foi nomeado pelo ex-presidente Lula em junho de 2003, na vaga decorrente da aposentadoria do Ministro Ilmar Galvão. Britto nasceu na cidade de Propriá, em Sergipe e se formou em Direito na Universidade Federal do Estado, em 1962.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar