Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Anthony Garotinho sugere que gays são seres de "outro sexo"

"Estado não tem que escolher se o cidadão deve ser homem, mulher ou optar por um outro sexo", disse.

Compartilhe

O deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ), ex-governador do Rio de Janeiro, comentou nesta quarta-feira (15) a iniciativa fracassada do governo federal de distribuir material sobre educação sexual em escolas públicas. "Estado não tem que escolher se o cidadão deve ser homem, mulher ou optar por um outro sexo", disse.


Anthony Garotinho sugere que homossexuais são seres de

Garotinho falou sobre o assunto quando questionado sobre declarações do ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) a respeito de pastores evangélicos. No Fórum Social Mundial, Carvalho afirmou que o Estado deveria fazer uma disputa ideológica pela "nova classe média", que estaria influenciada por setores conservadores, como as igrejas evangélicas. Nesta quarta-feira (15) o ministro pediu desculpas aos deputados e senadores evangélicos.

O material sobre sexualidade foi elaborado pelo MEC (Ministério da Educação) durante a gestão de Haddad Fernando (PT-SP), que deixou a pasta ser candidato a prefeito de São Paulo. A respeito das eleições, Garotinho disse que, ao menos no Rio de Janeiro, a discussão sobre princípios religiosos terá importância. "O Eduardo Paes [atual prefeito e pré-candidato à reeleição] é um notório defensor de políticas que vão contra princípios cristãos", disse.

GOVERNO DILMA

Na entrevista, o deputado do PR também criticou o governo de Dilma Rousseff. Ele afirmou que a presidente tem feito as intervenções necessárias quando algum ministro se manifesta contra princípios evangélicos, mas classificou o governo como "péssimo".

"Basta olhar a execução orçamentária do ano passado. Foi pífia. Por exemplo: segurança pública, que é um tema que está em voga hoje. Quanto o governo gastou? O Pronasci [Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania] deveria se chamar "Promorre", porque não gastou nada", disse.

Sobre a popularidade em alta de Dilma, Garotinho disse que "Hitler também era [popular]", mas negou comparar a presidente ao líder nazista. Segundo ele, a afirmação serve apenas para mostrar que as pessoas se enganam ao avaliar um governo.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar