SEÇÕES

Dias apresenta estratégias do Brasil sem Fome a especialistas estrangeiros

Dias salientou que o combate à desnutrição no Brasil é um elo crucial que interliga questões de saúde, assistência social, educação e participação social.

Ministro Wellington Dias | Roberta Aline/MDS
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

O Ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, participou do evento "Lições do Brasil: Recuperando-se dos Retrocessos na Luta contra a Fome e a Desnutrição e os Desafios no Caminho a Seguir," onde apresentou as estratégias do plano Brasil sem Fome para combater a fome no país. O evento reuniu especialistas e líderes internacionais.

Durante sua apresentação, o Ministro explicou como o governo brasileiro está revitalizando e aprimorando políticas e estruturas de governança, com o envolvimento da sociedade civil, acadêmicos e organizações internacionais. Ele destacou que o Brasil voltou a ser incluído no mapa da fome da ONU e que a insegurança alimentar é agora o principal desafio, afetando mais de 33 milhões de pessoas no país.

Dias salientou que o combate à desnutrição no Brasil é um elo crucial que interliga questões de saúde, assistência social, educação e participação social. Ele enfatizou a importância do acesso a alimentos saudáveis, da promoção da proteção social, da educação alimentar e nutricional, e do fortalecimento da atenção primária à saúde, especialmente para grupos vulneráveis.

José Graziano, ex-diretor geral da FAO e atual presidente do Instituto Fome Zero, compartilhou lições aprendidas com os sucessos alcançados pelo Brasil na luta contra a fome entre 2003 e 2016. Ele mencionou a implementação de políticas como a Estratégia Fome Zero, o programa Bolsa Família, apoio à agricultura familiar e iniciativas educacionais em saúde e alimentação como fatores que contribuíram para o êxito do país na redução da fome. No entanto, Graziano destacou que a situação atual é mais complexa e desafiadora do que em 2003.

O evento contou com a mediação da secretária extraordinária de Combate à Fome do MDS, Valéria Burity, que ressaltou a importância da troca de ideias e conselhos para superar desafios na luta contra a fome global, visando fortalecer as políticas de segurança alimentar e nutricional.

Anne Kepple, especialista em segurança alimentar e nutricional da FAO, elogiou o compromisso do Brasil em abordar a insegurança alimentar e nutricional, bem como sua disposição em colaborar com atores internacionais e locais para encontrar soluções duradouras.

Além das discussões do evento, o Ministro Wellington Dias realizou reuniões bilaterais ao longo do dia, nas quais discutiu estratégias para combater a fome e promover a agricultura familiar. As reuniões incluíram conversas com representantes da FAO, ministra da Agricultura da África do Sul, e o presidente do FIDA para fortalecer a cooperação e abordar desafios na região Amazônica e outras questões relacionadas à segurança alimentar e nutricional.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos