A Justiça Eleitoral incentiva a eleitora e o eleitor a levar para a cabine de votação a chamada colinha eleitoral, com os números de candidatas e candidatos escolhidos. O uso da cola no dia da eleição torna mais rápida a digitação dos números na urna eletrônica, além de contribuir para reduzir as filas de votação.

O eleitor ou eleitora pode acessar o Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e realizar a busca pelo arquivo pronto para impressão, na aba Eleições 2022. Basta fazer o download, imprimir, e anotar o número com os quais as candidatas e candidatos serão identificados na urna.  

Eleitor pode levar colinha com o número do candidato (Foto: José Cruz/Agência Brasil)Eleitor pode levar colinha com o número do candidato (Foto: José Cruz/Agência Brasil)ORDEM DE VOTAÇÃO

Nas Eleições 2022, estão em disputa cinco cargos eletivos, que devem ser escolhidos nesta ordem:

- deputada ou deputado federal (quatro dígitos);

- deputada ou deputado estadual ou distrital (cinco dígitos);

- senadora ou senador (três dígitos);

- governadora ou governador (dois dígitos);

- presidente da República (dois dígitos);

CONFIRMAÇÃO COM FOTO

Após digitar o número de cada um dos escolhidos e conferir a foto na tela da urna, a eleitora ou o eleitor vai precisar confirmar o voto. Caso digite algum número errado e a foto não corresponda ao escolhido, a pessoa pode apertar a tecla Corrige, digitar corretamente o número, conferir a foto e confirmar o voto. Depois de confirmar o voto em alguma candidata ou candidato, não existe possibilidade de voltar atrás. Isso porque aquele voto já terá sido computado pela urna eletrônica.

Confira a "Colinha Eleitoral" aqui!

Colinha eleitoral (Foto: TSE)Colinha eleitoral (Foto: TSE)