Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Movimento a favor da união de centro com Ciro Gomes cresce na web

No Facebook, o pedetista mostrou vantagem em dias alternados.

Compartilhe

Em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, Ciro Gomes (PDT) ultrapassou o candidato do PT, Fernando Haddad, nas menções entre usuários do Twitter nesta semana. No Facebook, o pedetista mostrou vantagem em dias alternados, alcançando 692 mil desde o início da semana. Os dados são da pesquisa divulgada nesta quinta-feira (4), pela Diretoria de Análise das Políticas Públicas (DAPP) da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, porém, se manteve bem à frente dos demais candidatos, com 5,5 milhões de interações no mesmo período.

O pedetista tem adotado o discurso de ser uma terceira via na corrida eleitoral, hoje liderada por Bolsonaro e Fernando Haddad, segundo pesquisas de intenção de voto.

Na quarta-feira (3), duas hashtags positivas a Ciro chegaram aos trending topics brasileiros no Twitter. Internautas compartilharam os termos #RenunciaHaddad e #Alcirina - esta última uma alusão à junção das candidaturas de centro de Geraldo Alckmin (PSDB), Ciro e Marina Silva (Rede).

\"
(Crédito: Mário Miranda/Amcham/Divulgação)

Ciro tem usado suas redes sociais para divulgar o apoio de personalidades. O humorista Gregório Duvivier, os cantores Zeca Baleiro e Caetano Veloso e a escritora Fernanda Young são alguns dos famosos que declararam voto ao pedetista. Um dos filhos do candidato a vice pela chapa de Marina, Eduardo Jorge (PV), também se manifestou a favor de Ciro Gomes.

- Vemos uma aproximação grande na última semana dos simpatizantes da Marina com os que demonstram apoio a Ciro, com essa iniciativa de união - afirma o diretor de análise da DAPP, Marco Ruediger.

Segundo ele, a ascensão de Ciro nas redes sociais na última semana não faz parte de uma estratégia de campanha:

- As pessoas estão assustadas, há muita angústia no segmento dos indecisos que não querem aderir à polarização que Bolsonaro e Haddad representam.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar