Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Último debate com candidatos à PMT é marcado por críticas e acusações

O embate de propostas foi marcado pelo conflito, com críticas à atual gestão e aos candidatos que ocupam ou ocuparam cargos públicos.

Compartilhe

Faltando três dias para o pleito municipal, o Grupo Meio Norte de Comunicação promoveu na quinta-feira, 12 de novembro, o último debate do primeiro turno com os candidatos à Prefeitura de Teresina. O confronto de propostas foi apresentado pela jornalista Maia Veloso, contando com a participação de nove candidatos pertencentes à coligação com representatividade mínima de cinco parlamentares no Congresso Nacional: Simone Pereira (PSD), Mário Rogério (Cidadania), Major Diego Melo (Patriota), Lucineide Barros (PSOL), Fábio Abreu (PL), Gessy Fonseca (PSC), Fábio Sérvio (PROS), Fábio Novo (PT) e Kleber Montezuma (PSDB). O candidato do MDB, Dr Pessoa, foi convidado, no entanto, alegando incompatibilidade de agenda não compareceu. 

O debate foi dividido em três blocos, sendo o primeiro dedicado a questionamentos com tema definido e os últimos com temática livre. 

O embate de propostas foi marcado pelo conflito, com críticas à atual gestão e aos candidatos que ocupam ou ocuparam cargos públicos. Neste sentido, os pleiteantes à Prefeitura de Teresina promoveram discussões que desencadearam em uma série de direitos de respostas, culminando em troca de farpas com o uso de expressões como 'psicopata', 'mentiroso', dentre outras. 


VEJA ALGUNS MOMENTOS DO DEBATE:


Mário Rogério promete priorizar o esporte

O candidato do Cidadania Mário Rogério defendeu projetos na área do esporte e lazer, no intuito de pautar uma política preventiva de segurança pública. "Nessa questão do esporte a Prefeitura tirou a prioridade e na nossa administração vamos priorizá-la, pretendemos retomar pois é uma questão inclusive de combate à criminalidade; também queria aproveitar e reforçar a reclamação de Kleber da ausência do candidato Pessoa", disse. 

Mário Rogério pautou a utilização eficiente das quadras nas unidades de ensino do município, envolvendo toda a comunidade. "Uma das minhas críticas à atual gestão é em relação ao transporte, no meu Governo a Semel terá orçamento, fui peladeiro e tenho muita falta disso, no meu tempo os campos de futebol atraíam até mais que o futebol profissional, vamos levar a partir da escola todas as modalidades, com uma preocupação especial com o esporte nos bairros", sinalizou. 

 Major Diego Melo quer criar o Hospital Metropolitano

Representando o Patriota, o candidato Major Diego Melo pautou o uso eficiente dos recursos da saúde, com transparência e a realização de concurso público no setor. "Teresina gasta muito, mas gasta mal na saúde, temos uma fila interminável, uma regulação que não passa pela população, colocamos no nosso Plano de Governo fazer uma secretaria de saúde com toda a transparência, fazer o Hospital Metropolitano de Teresina na retaguarda do HUT, fazer o Centro de Especialidades Ambulatoriais em todas as zonas da cidade", afirmou. 

Major Diego Melo indicou que dará atenção aos hospitais zonais, de modo que eles possam dar resolutividade. "É importante falar que precisa fazer concurso público, hoje o que a Prefeitura faz são contratos temporários, os hospitais zonais vamos dar resolutividade, e dar ao teresinense uma saúde de qualidade, gastaram o dinheiro para fazer três hospitais nessa cabana", frisou. 

Fábio Sérvio defende apoio aos empreendedores

Disputando a Prefeitura pelo PROS, Fábio Sérvio defendeu ações para ampliar o empreendedorismo em Teresina. "Eu sempre costumo dizer que a gente tem algo urgente e importante para fazer, há muito tempo a prefeitura cria dificuldade para quem quer investir em Teresina, está aí a realidade dos dois polos empresariais. Primeiro a gente tem que ter um pacto com os empresários e investidores, 79% são micro e pequenas empresas. Segundo ponto é pensar nos jovens, temos um projeto que é utilizar espaços para dar a primeira empresa para o jovem para que ele possa ter um local para prestar os seus serviços, não podemos esquecer da área rural e o primeiro motor é a construção civil", disse.

Sérvio defendeu a 'liberdade econômica' no município. "O foco da gestão é perseguir empresários, empresário que está me ouvindo agora não aceite isso, precisamos de liberdade econômica, sair das amarras criadas há 34 anos", sinalizou. 

Simone Pereira pauta a capacitação profissional

Representando o PSD, Simone Pereira lamentou a saída de empresas da capital piauiense, pautando a desburocratização e infraestrutura. "O que nós temos visto ultimamente é as empresas saindo de Teresina, o que falta é um incentivo, não só fiscal, mas a questão da desburocratização e infraestrutura, é necessário que a prefeitura faça articulação com os demais órgãos, temos o sistema S para capacitar a nossa prefeitura, fica muito difícil uma indústria vir e trazer a mão de obra de fora porque não tem capacitação em Teresina. Precisamos tirar do modo analógico e ir para o modo digital", afirmou.

Simone Pereira ainda lamentou a construção de conjuntos habitacionais nas extremidades do município. "A maior falta de respeito é a prefeitura permitir a construção de conjuntos habitacionais nas extremidades da cidade, sem a menor infraestrutura, ou seja, primeiro se constrói e depois vai se pensar na infraestrutura, no saneamento, segurança, saúde", sintetizou.

Lucineide Barros quer acabar com a especulação imobiliária

Representando o PSOL, a candidata Lucineide Barros indicou que a cidade possui muitos vazios urbanas, apontando a necessidade de acabar com a especulação imobiliário. "Nós temos uma cidade com muitos vazios urbanos, os vazios servem a política de especulação, portanto, o que falta em Teresina não é planejamento, o que ocorre é que esse planejamento não alcança as pessoas que precisam, seja de moradia, seja de assistência social, é necessário ter um plano que elimine os espaços vazios, que promova moradia para as famílias de baixa renda e que acabe com a especulação imobiliária", afirmou. 

Na educação, Lucineide apontou para a relevância de garantir creches de qualidade. "A verdade mesmo é que em Teresina quem tem condição de colocar seus filhos na escola particular faz isso porque não acredita que seja possível garantir a qualidade na escola pública, a outra questão é que a gente precisa dizer que creche é uma política de assistência a criança mas é também de assistência as mães que precisam sair para trabalhar e não tem com quem deixar, nós estamos dizendo que vamos precisar garantir o financiamento a partir do custo aluno qualidade que garanta creche com qualidade", sinalizou.

Kleber Montezuma diz que vai resolver problemas de alagamento

O candidato do PSDB Kleber Montezuma pautou as ações que a atual gestão fez para resolver os problemas relacionados a alagamentos, apontando que investirá mais recursos na área. "Nós tínhamos em Teresina uma região que era o ponto máximo de alagamento que era a região Norte e lá foi feito o programa Lagoas do Norte que resolveu o problema, no bairro São Pedro tem um problema de galeria antigo, e vai ser resolvido agora com investimento na ordem de R$ 80 milhões e o prefeito Kléber vai resolver esses problemas", disse.

Klebe Montezuma ainda citou os avanços na educação, pautando também a elevação no número de escolas em tempo integral. "Os professores transformaram a educação de Teresina na melhor das 27 capitais, todas as crianças com 4 anos já estejam na pré-escola e todas acima de quatro anos já estão na pré ou no ensino fundamental, temos mais de 90 mil crianças nas escolas da prefeitura. De 0 a 3 anos o plano nacional de educação diz que os municípios no Brasil todo tem até 2024 para atender pelo menos metade das crianças nessa faixa etária, essa que é a informação correta, nós já temos mais de 10 mil crianças de 0 até 3 anos nas nossas creches e como prefeito vamos ampliar o número de vagas, fizemos 32 escolas integrais vamos levar para 64", frisou. 

Gessy Fonseca promete parceria com vigilantes noturnos

Representando o PSC, a candidata Gessy Fonseca destacou os seus projetos para a segurança pública, reverberando a valorização da Guarda Municipal. "A Prefeitura tem sua responsabilidade, temos o projeto Cidade Segura onde vamos equipar a Guarda Municipal, vamos equipar a cidade com câmeras de monitoramento, fazer parcerias com os vigilantes noturnos, onde através de um aplicativo poderão entrar em contato com a Polícia Militar e a Guarda Municipal, a Gessy na Prefeitura tem esse compromisso de equipar e aumentar o número de guardas municipais", disse. 

Na saúde, Gessy Fonseca indicou que irá zerar a fila de consultas e exames na capital piauiense. "Com o seu voto vou zerar as filas de consultas e exames, através de parcerias com as clínicas privadas, e nos dez hospitais já existentes vamos implantar alas de crianças e mulheres e alas de fisioterapia", frisou. 

Fábio Novo quer desburocratizar a Prefeitura

Candidato do Partido dos Trabalhadores, Fábio Novo defendeu a desburocratização da Prefeitura e a criação do Busca Ativa Empreendedor. "Nós precisamos colocar a prefeitura destravada, a junta comercial era horrível, mas quando entrou para o mundo da tecnologia resolveu muitas coisas, funciona bem. A mesma coisa fazer na prefeitura, desburocratizar para que possamos avançar, vou usar o Busca Ativa Empreendedor para que a pessoa continue gerando emprego e renda, Teresina está cheio de pessoas criativas", citou.

Na cultura, ele defendeu avanços, pautando projetos que desenvolveu ao longo da sua gestão na Secretaria Estadual de Cultura. "Quando estive a frente da Secretaria de Cultura, nós recuperamos os prédios de cultura no centro de Teresina, nós voltamos alguns projetos, mas é preciso fazer mais, fazer com que os equipamentos como as praças sejam revitalizados, estimular o circuitos. Eu vou concluir o Museu da Imagem e do Som, a Central de Artesanato receberam uma reforma, que inclusive tem duas escolas, sendo uma escola de dança e outra de música e na nossa gestão vamos trabalhar para ter projetos como o The Vejo no Centro e assim, de forma criativa , ter muita coisa acontecendo no Centro", afirmou.

Fábio Abreu cita o programa Gerar

O candidato do PL, Fábio Abreu defendeu a criação do projeto Gerar para alavancar o emprego e renda no município. "Estamos trabalhando no Gerar, vamos desburocratizar a gestão, atrair as empresas para investir na nossa cidade, a capacitação também é fundamental mas não se assustem se na próxima semana vier um novo decreto do prefeito provocando o fechamento do comércio, a prefeitura sempre busca perseguir e tratar o empreendedor como inimigo, nós temos que valorizar e incentivar o emprego", afirmou.

Fábio Abreu ainda defendeu uma política preventiva na segurança pública. "Eu sempre cito a prevenção como forma para combater a violência, mas o cuidado com a criança deve começar desde a sua concepção e o grande segredo hoje é trabalhar na escola, hoje a escola só funciona para trabalhar português e matemática, mas não de fazer que ela se sinta pertencente a esse ambiente escolar e nosso objetivo é incluir essa criança na escola", sintetizou.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar