Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Novo governador da Paraíba,José Maranhão responde a processos na Justiça Eleitoral

São oito processos tramitando no Tribunal Superior Eleitoral contra o governador

Novo governador da Paraíba,José Maranhão responde a processos na Justiça Eleitoral
José Maranhão tomou posse na PB | G1
Compartilhe

O novo governador da Paraíba, José Maranhão (PMDB), tomou posse nesta quarta-feira (18), mas assim como Cássio Cunha Lima, que teve o mandato cassado na última terça, Maranhão também responde a processos na Justiça Eleitoral.

São oito processos tramitando no Tribunal Superior Eleitoral contra o governador empossado José Maranhão. Dois deles relativos às eleições de 2006, a mesma em que foram cometidas as irregularidades que levaram à cassação de Cássio Cunha Lima.

Contra José Maranhão, as acusações em um processo são de abuso de poder econômico e compra de voto. No segundo, de abuso de poder político e também de compra de voto.

?Esses processos não prosperaram porque eles são meras chicanas advocatícias, que já foram liquidados aqui na Paraíba, subiram para o Tribunal Superior Eleitoral em grau de recurso, mas até agora não prosperaram?, diz Maranhão.

A posse de Maranhão e do candidato a vice dele nas eleições de 2006 foi no plenário da Assembleia Legislativa. De lá, todos seguiram a pé até o Palácio da Redenção, a sede do governo da Paraíba, onde foram recebidos com festa por partidários e simpatizantes.

Nesta quarta, os advogados de Cássio Cunha Lima entraram com recuso no Supremo Tribunal Federal para suspender a cassação. Cássio, que não quis dar entrevista, e o vice, José Lacerda Neto, perderam os cargos por compra de votos com dinheiro de programa assistencial.

O presidente da Assembleia Legislativa, Artur Cunha Lima, primo de Cássio, chegou a assumir o governo interinamente. A bancada do governo também entrou com recurso no STF para pedir eleições feitas pelos próprios deputados.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar