mais

Renan adia para outubro entrega do relatório final da CPI da Covid

Senador informou que vai propor o indiciamento do presidente Bolsonaro por crime de prevaricação

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), disse ao G1 que decidiu adiar a apresentação do seu relatório final para o início de outubro. Ele havia previsto entregar o relatório nesta semana.

“Senadores querem novos depoimentos, principalmente com as novidades trazidas sobre a Prevent Senior e a Precisa. Então, o meu relatório, que está quase pronto, será apresentado após o último depoimento, em outubro”, disse Renan Calheiros.

Renan Calheiros já vinha analisando, a pedido de seus colegas do G-7, grupo majoritário da CPI formado por senadores independentes e de oposição, o adiamento da apresentação do relatório final em que, afirma, vai propor o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro por crimes comum e de responsabilidade.

Renan adia para outubro entrega do relatório final da CPI da CovidRenan adia para outubro entrega do relatório final da CPI da Covid

Nesta segunda-feira (20), ele disse que tomou a decisão de postergar por duas semanas o seu relatório.

“O relatório já está praticamente pronto, mas só vou apresentá-lo oficialmente depois dos últimos depoimentos. Temos de ouvir novamente o ministro Marcelo Queiroga sobre a suspensão de vacinas para adolescente, o que ele fez foi um escândalo. Temos de ouvir também novos personagens da Precisa, porque está chegando a documentação apreendida. Tudo isso vai atrasar um pouco, mas vamos ficar dentro do prazo da prorrogação da CPI”, afirmou Renan Calheiros.

O relator da comissão informou que vai propor o indiciamento do presidente Bolsonaro por crime de prevaricação, por não ter determinado a investigação das denúncias dos irmãos Miranda sobre a compra da vacina Covaxin. Neste caso, é crime comum e a proposta de indiciamento será encaminhada para a Procuradoria-Geral da República.

“Vamos também propor indiciamento por crime de responsabilidade. Neste caso, a proposta seguirá para a Câmara dos Deputados, para que seja anexada ou feito um novo pedido de impeachment do presidente da República”, acrescentou Renan Calheiros.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail