Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Senado arquiva proposta de Regina que reduzia salários em 20%

Substitutivo reduziria salário dos senadores, porém não foi pautado no Plenário

Compartilhe
Google Whatsapp

Foi arquivado o substitutivo apresentado pela piauiense ex-senadora piauiense Regina Sousa (PT) que versava sobre a redução de 20% no salário dos parlamentares. A proposta chegou a ser aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) no segundo semestre de 2016, aguardando apenas ser pautada no Plenário, o que não ocorreu nos dois anos seguintes.

Na ocasião, a atual vice-governadora indicou que a aprovação do projeto teria repercussão em todas as Casas Legislativas do país, porque o subsídio dos membros do Congresso Nacional é referência para a fixação da remuneração dos deputados estaduais e distritais e dos vereadores. “Quando votamos medidas de cortes de gastos para toda a sociedade, precisamos ter a coragem para sairmos da nossa zona de conforto e para não ficarmos encastelados nos nossos privilégios”, afirmou a parlamentar.

Beto Barata

O projeto original foi apresentado pela então senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) em 2015, e tratava da redução de 10% nos subsídios; na época, com a alteração pedida por Regina Sousa, o desconto seria maior, passando de R$ 33,7 mil pagos atualmente para R$ 26,7 mil; a medida se daria por tempo indeterminado. “Se considerarmos como salário indireto as demais vantagens e/ou privilégios que estão à disposição dos parlamentares e que não estão disponíveis para o brasileiro comum, o abismo existente na remuneração de um membro do Congresso Nacional e na remuneração média de um brasileiro tornar-se-á ainda maior. Todos esses benefícios e privilégios vão na contramão do arrocho e do sacrifício que esse Parlamento quer impor à sociedade brasileira”, indicou a piauiense no relatório.

ARQUIVAMENTOS - De acordo com informações do setor de comunicação da Casa Legislativa, o Senado deve arquivar até o fim desta semana quase 3 mil proposições apresentadas por parlamentares em legislaturas anteriores. O número representa 46% do total de matérias em tramitação na Casa. A decisão vale para propostas analisadas tanto pelas comissões quanto pelo Plenário.

Segundo as informações, o volume de arquivamentos este ano é maior do que o de outras legislaturas, isso se explica pela renovação inédita na Casa. De 81 cadeiras, 46 serão ocupadas por novos parlamentares.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto