Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

PSDB pode perder dois ministérios e Ciro articula indicações

Compartilhe

A advogada Sara Cavalca Sobreira, entrou com uma ação judicial para impedir a Universidade Federal do Piauí, de entregar o título Honoris Causa ao ex-presidente Lula na UFPI em Teresina. A ação vai ser julgada pelo juiz Márcio Braga da 2ª Vara Federal. A ação da advogada contém 35 laudas. Enquanto isso, a Câmara de Vereadores de Timon-MA, aprovou por unanimidade a concessão do Título de Cidadania a Lula. Segundo o vereador Ramon Filho, a entrega irá acontecer no dia 3 de Setembro.


O advogado Marcus Vinícius Furtado deve estar recebendo o convite de Álvaro Dias durante um almoço, para se filiar ao Podemos. A informação já teria sido antecipada pela repórter Samantha Cavalca no quadro Jogo do Poder no Jornal Agora. O jornalista Arimatea Carvalho informou que o prefeito de Teresina não quer a candidatura da esposa a deputada federal. A bancada federal piauiense é unânime em afirmar que não existe a possibilidade de Luci ser candidata a deputada estadual, será algo maior, como  deputada federal ou vice-governadora.

Sobre as indicações de deputados piauienses a cargos federais, Mainha irá indicar também um cargo importante no INSS do Piauí. As conversações acontecem com articuladores do PP e com a base política do partido, que demonstra união e consenso em todas as decisões. O partido de Ciro Nogueira ainda pode indicar mais dois ministros no governo Temer, principalmente se ocorrer a queda dos ministros Bruno Araújo (Ministério das Cidades) e Antonio Imbassahy ( das Relações Institucionais), ambos do PSDB. 

E segue firme e em discussão na Alepi, o projeto de lei que responsabiliza os gestores de programas em funcionamento no governo estadual, inclusive, os gestores do transporte escolar. A intenção da lei é isentar os secretários das pastas do governo de qualquer responsabilidade nas gestões desses programas. O deputado estadual João de Deus, líder do governo na Assembléia, articula nos bastidores para que o projeto seja aprovado pelos demais deputados.

Um novo decreto de Temer detalha regras de exploração mineral na Amazônia. O decreto detalha sobre a extinção da Reserva Nacional de Cobre e Associados, na Amazônia, que permite a exploração mineral na região. O novo número 9.147/17, conta agora com 10 artigos, enquanto o anterior, divulgada na semana passada, tinha apenas quatro. O assunto gerou polêmica entre o presidente Temer e a modelo Gisele Bundchen nas redes sociais. Ela atacou no Twitter: “Não estamos de acordo com o fatiamento da Amazônia para exploração”

 class=



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar