Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Jornal Agora

Comissão de Ética dá prosseguimento a processo contra senadoras

Compartilhe
Google Whatsapp

O Conselho de Ética do Senado acatou a denuncia contra as senadoras que ocuparam a mesa diretora do Senado na última terça-feira (11), em protesto contra a Reforma Trabalhista. As senadoras Regina Sousa (PT-PI), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Lídice da Mata (PSB-BA), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Fátima Bezerra (PT-RN) correm o risco de serem cassadas por quebra de decoro parlamentar. 

De acordo com a senadora piauiense, a decisão do presidente da Comissão Ética, senador João Alberto Souza, é desproporcional tendo em vista os outros fatos que ocorreram na Casa e não tiveram segmento na comissão, como o processo que pedia a cassação do senador Aécio Neves, acusado de corrupção pela Procuradoria Geral da União. Regina Souza ainda lamentou o fato de os senadores piauienses terem assinado a petição contra as senadoras. 

"Foi acatado pelo presidente. O presidente tem o poder de arquivar, se ele quiser, a do Aécio ele arquivou a nossa ele acatou, então ele vai chamar a comissão para nos julgar. É lamentável e lamento mais ainda porque o senador Ciro e o senador Elmano Férrer assinaram essa proposição. Aqui senador vai aos tapas e nunca foi pedido Comissão de Ética para eles, o senador chama o outro para brigar e não tem Comissão de Ética, aí porque nós ocupamos uma mesa, na tentativa de fazer um acordo para votar pelo menos uma proposta e o processo é acatado”, criticou. 

Regina Souza, com outras senadoras, ocupou a mesa diretora do Senado (Crédito: Reprodução)
Regina Souza, com outras senadoras, ocupou a mesa diretora do Senado (Crédito: Reprodução)

Regina Souza ainda afirmou ter ficado decepcionada com a decisão do senador Elmano Ferrer (PMDB-PI), de ter assinado o petição que pedia que o caso fosse analisado pela Comissão de Ética. Para a senadora, a decisão de dar prosseguimento ao processo é vergonhosa. 

"Eu não me decepcionei com o Ciro, me decepcionei com o Elmano. Do Ciro eu esperava, mas, o senador Elmano até então tinha votado com a gente algumas coisas importantes e eu não esperava que ele assinasse uma petição dessa, porque eu não acho justo. Nós vamos enfrentar, fazer nossa defesa, e vai ficar vergonhoso para o país a Comissão de Ética nos condenar e absolver Aécio Neves”, afirmou.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×