Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Jornal Agora

Elmano se afasta para campanha e José Amaury assume no Senado

Compartilhe
Google Whatsapp

O empresário José Amaury Pereira de Araújo, primeiro suplente do senador Elmano Férrer (Podemos-PI),  toma posse logo mais às 15h na vaga de Elmano, que  se afasta para se dedicar a pré-candidato ao Governo do Piauí. Em entrevista para a correspondente da Rede Meio Norte em Brasília, Samantha Cavalca, Amaury falou dos desafios e da importância de estar no Senado Federal.

“É realmente um desafio, mas com certeza absoluta, vou dar continuidade a todo um bom trabalho que Elmano tem feito até aqui, então não vai ser difícil porque Elmano tem executado muitas coisas, tem muitos projetos e, sem sombra de dúvidas, que eu vou dar essa continuidade”, afirmou. 

O suplente de senador falou também sobre as articulações e alianças com políticos, dentre eles o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB). “Samantha, não tem como não conversar. Eu estou no gabinete, converso com todos. Eu vou assumir o Senado, vou ficar no lugar do Elmano Férrer para executar o que ele vem fazendo. Essa questão de partidos, de andamento da política, é coisa dele [Elmano] lá. Eu aqui vou tratar do mandato que vou assumir”, explicou. 

Questionado se poderá ocorrer alguma ‘interferência’ por ser próximo de João Vicente Claudino, Amaury foi enfático. “Não. O Grupo Claudino, sem sombra de dúvidas, torce sempre para que o Piauí tenha um excelente governador, seja quem for; os nomes que aí estão. Não é atoa que o Grupo Claudino tem 60 anos de trajetória, com sucesso muito grande e não vai agora politizar a forma de trabalhar dele, e a forma economicamente que tem vencido”, esclareceu. 

Arimateia carvalho questionou Amaury sobre rumores de uma possível negociação que teria sido feita entre o empresário, Elmano e Firmino, onde teria ficado ‘acertado’ que, caso Elmano não seja eleito governador, será o candidato do tucano Firmino para disputar a prefeitura da capital nas próximas eleições, ficando Amaury com a vaga no Senado. 

“Não, eu não ouvi e podem até terem [Firmino e Elmano] conversado a respeito, mas em em nenhum momento ouvi falar nada disso. Eu não, mas pode ter acontecido”, finalizou Amaury. 



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar