Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Irmão Guido:Túnel seria para resgatar preso acusado de matar agente

Compartilhe

Policiais Militares abortaram, na madrugada de sábado(21), uma tentativa de fuga na Penitenciária Regional Irmão Guido, em Teresina. Dois suspeitos, Cícero Francisco e Josimário de Lima, naturais de Pernambuco, foram flagrados cavando um túnel de próximo ao muro da penitenciária.

De acordo com informações do Sindicato dos Agentes Penitenciários, o túnel estava sendo cavado para realizar o resgate de um detento de nome “Wagner da Hilux”, acusado de homicídio e sentenciado a 24 anos de prisão.

“Duas pessoas foram presas. Elas estavam sendo investigadas e foram acusadas de praticar crimes e no decorrer das acusações, tiveram a oportunidade de falar que se tratava da construção de um túnel para resgatar um detento identificado como “Wagner da Hilux”, que é bastante perigoso”, afirmou Cleiton Holanda. 

 class=

De acordo com o diretor de Inteligência e Proteção Externa da Secretaria de Justiça, tenente-coronel Luís Antônio Pitombeira, o preso que seria resgatado já foi transferido. 

“Após todo o evento, os presos que são de outro estado foram levados para a Greco, que está realizando os procedimentos. O preso que ia ser resgatado foi retirado da Irmão Guido e levado para outro local mais seguro. Foi um trabalho em operação com Força Tática do Promorar e a Inteligencia da Polícia Militar. Essas pessoas, três acusados, estavam em uma residencia”, declarou. 

Segundo o coronel, "Wagner da Hilux" possuí mais de 200 de prisão a serem cumpridos por vários crimes. 

“Ele é foragido do sistema prisional de Pernambuco. Ele foi recapturado em Chapadinha, no Maranhão, em 2013, e no deslocamento na altura da cidade de Garanhões, ele conseguiu matar um dos agentes e conseguiu fugir. Ele acabou sendo preso e passou a responder por esse crime aqui e desde então vem tentado fugir. Ele responde por homicídio e estupro. Segundo conta, ele tem mais de 200 de prisão a serem cumpridos", disse. 

Tenente-coronel Luís Antônio Pitombeira (Crédito: Rede Meio Norte)
Tenente-coronel Luís Antônio Pitombeira (Crédito: Rede Meio Norte)






Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar