Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

"O pior que há na política", diz Firmino Filho sobre a Assembleia

Compartilhe

A solenidade de abertura do ano legislativo na Câmara Municipal de Teresina rendeu mais uma polêmica  envolvendo o prefeito Firmino Filho (PSDB), o presidente da Câmara, Jeová Alencar (PSDB) e o presidente da Assembleia Legislativa, Themistocles Filho (MDB). Isso porque o prefeito da capital afirmou que a Câmara virou um “puxadinho da Assembleia”. O assunto foi o principal destaque do quadro Jogo do Poder desta quinta-feira (01). 

Em entrevista ao repórter Efrem Ribeiro, o prefeito foi duro ao afirmar que um grupo político tenta levar os hábitos da Assembleia Legislativa do Piauí, que segundo ele, são os piores da política piauiense, para a Câmara Municipal de Teresina. 

“Eu fui provocado pela oposição, através de uma afirmativa de que eu estava buscando interferir na vida da Câmara, e acho que erraram o alvo. Na realidade, todos nós sabemos quem está interessado em interferir na vida da Câmara Municipal. Alguns líderes estaduais, especialmente, da Assembleia Legislativa, buscam interferir na vida da Câmara, tentando fazer da Câmara Municipal um puxadinho da Assembleia. Trazendo para essa Câmara os piores hábitos da política deste estado, os hábitos mais atrasados que a política do Piauí produz estão naquela Assembleia e agora querem expandir, inclusive, incorporar neste plano de expansão a Câmara Municipal, de nossa parte não vamos nos submeter”, desabafou Firmino Filho. 

Jogo do Poder (Crédito: Reprodução )
Jogo do Poder (Crédito: Reprodução )

Firmino ainda destacou que, embora siga no PSDB, o presidente da Câmara Municipal, Jeová Alencar, tem tomado decisões alinhadas à posição e, por isso, não pertence mais à base do prefeito naquela Casa. 

“O vereador Jeová Alencar foi eleito em nosso partido, teve uma votação extremamente expressiva, tem sido um companheiro de suporte à nossa bancada, mas, infelizmente, a partir do final do ano tomou posições que são objetivamente à oposição. A gente compreende que ele escolheu um novo caminho político, novas companhias, um novo jeito de fazer política, então a gente respeita”, afirmou. 

Já o vereador Jeová Alencar, desconversou e afirmou que terá a serenidade e maturidade necessárias para ajudar na administração da capital. 

“A gente está aqui para ajudar a prefeitura, o prefeito, a nossa cidade. Nós somos do lado é da cidade e do povo. Para isso que fomos votados e teremos a serenidade e a maturidade suficiente para trabalharmos por uma cidade cada vez melhor”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Teresina.