Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Jornal Agora

Obras paralisadas causam transtornos em Teresina: "Muita poeira"

Compartilhe
Google Whatsapp

Muita poeira e transtorno para população. Essa é a realidade de quem mora próximo duas importantes vias de Teresina que estão em obras. Segundo os moradores, as obras de prolongamento da avenida Avenida Aviador Rossini Morada, situada no Vale do Gavião, zona Leste da Capital, está parada há cerca de um mês. Para realização dos servis, uma das vias foi interditada, o que tem causado muitos problemas para quem precisa passar pelo local.

Os condutores reclamam da falta de sinalização, principalmente durante a noite. “É até perigoso porque não tem luz para clarear. Aqui de noite não dá para ver, tudo escuro”, diz um condutor.

 class=

Os comerciantes da região também reclamam da situação. “Essas obras, elas começam, passaram cinco dias trabalhando, vamos supor que seja um trator trabalhando e aí some todo mundo. Está lá a pista interrompida, não há sinalização de nada e é capaz de você sofrer um acidente por causa desse problema, e a cada dia que passa está ficando pior…Se passar um caminhão agora, você verá como vai ficar o comércio. É toda hora a gente limpando aqui”, relatou um comerciante. 

Um integrante da Associação de Moradores esteve desde cedo nos órgãos responsáveis pela obra. “Eu  vim pessoalmente ao órgão responsável, à Prefeitura de Teresina, fui na Sendur e já venho da SDU para ver o que está acontecendo e dar uma resposta  à população que nos cobra ações de desenvolvimento, principalmente mobilidade urbana. Se a ordem de serviço foi dada para essa construtora, que se exija o cumprimento do contrato”, abordou o membro da Associação. 

 class=

Na Av. Alencar Matos, bairro Santa Clara, zona Sul de Teresina, a situação não é diferente. Cintha tem um bebê  recém-nascido e relata o sofrimento diário por conta da poeira. “Mais difícil porque ele tem apenas dois meses de idade, e até mesmo o berço dele é cheio de poeira. A gente tem que estar limpando constantemente, porque ele além de ficar espirrando, está apresentando tosse também”, contou.

O líder comunitário do bairro informou que procurou explicações junto aos órgãos competentes, e pediu também o apoio do Ministério Público. “Começamos pela Secretaria de Transportes do Governo do Estado, na pessoa da Dona Cristina, que é superintendente de Engenharia,  que nos falou que com 48h iria resolver o problema. Porém não resolveu e já estamos no décimo dia”, denunciou. 

Os moradores reclamam da poeira que tem causado problemas de saúde. “Aqui dentro de casa é a mesma coisa de estar fora, porque fica sujo de poeira”, diz um morador. “Eu tenho essa filha que só vive doente e tenho filho, que acabou de chegar do colégio, que só vive com febre, gripado”, disse uma moradora. “Meu filho é asmático, bem alérgico a poeira e agora ela apresentou uma tosse que é toda noite, toda manhã”, relatou uma outra. 

Sobre a obra do Vale do Gavião, a SDU-Leste informou que os serviços serão retomados. “Está sendo investido quase R$ 1,8 mi (um milhão e oitocentos mil) lá, com o primeiro contrato de R$ 900 mil da Caixa Econômica e agora de R$ 700 mil, que é recurso próprio da Prefeitura de Teresina. A empresa responsável, construtora Expandir, deu uma paralisada após terraplanagem, que foi executada, e está aguardando a negociação com os produtos  para dar andamento. Outra cosia que é bom que a gente frise, é que o prefeito de Teresina, Firmino Filho, autorizou que aquela parte que inicia ali na Av. Kennedy, executada em calçamento e  paralelepípedo, ela também vai ser executada través da Sendur. A gente queria que esse asfalto estivesse pronto até o mês de agosto, quando ocorrem as comemorações do aniversário de Teresina”, informou o superintendente. 

A Secretaria Estadual de Transportes disse que o projeto da obra está passando por uma readequação. “A obra da Av. Jacinta Gomes, ela está paralisada para uma readequação do projeto por conta de um problema de drenagem, então teve que aumentar a vazão dos banheiros e assim que esse projeto for concluído, já estamos fazendo isso, deveremos retomar a obra com garantia financeira e também com a adequação do projeto como eu disse”, informou o secretário da pasta. 

 class=



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar