Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Presos convivem com pacientes em tratamento no Hospital Psiquiátrico Areolino de Abreu

Compartilhe

Uma recente visita da OAB (Ordem dos Advogados Brasileiros) ao Hospital Areolino de Abreu constatou que dos 160 leitos ofertados pelo Sistema Único de Saúde, 52 estão sendo ocupados por presos, 60% destes já receberam alta médica.

Enquanto isso continuam no hospital, são pessoas de alta periculosidade que convivem com pacientes em tratamento psiquiátrico.

“Estamos falando de homicidas, traficantes, estupradores, pessoas que cometeram graves crimes circulando livremente junto aos pacientes e funcionários. Eles não sofrem de problemas psiquiátricos e são de extrema vulnerabilidade. Então isso nos preocupa bastante, por isso a OAB já tomou a iniciativa de oficiar para a corregedoria de justiça para a tomada de medidas urgentíssimas em relação a esses pacientes. Estamos diante de violão dos direitos humanos, de princípios constitucionais que não podemos conceber”, declarou Eduarda Miranda, advogada da OAB/PI.

“Se o paciente vem para cá e apresenta um quadro realmente passivo de internação, nós o acolhemos e equilibramos esse quadro agudo. Vamos estabilizá-lo. Mas eles vem para passar 15 dias em atendimento e porque depois não são remanejados para o sistema prisional?”, declarou Maria das Graças, diretora do Areolino de Abreu.




Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar