Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Segundo perito, ‘loló’ possui substância anestésica que pode levar a morte

Compartilhe

O auxiliar de serviços gerais, Francis Mauro do Nascimento, de 32 anos, foi encontrado morto na última terça-feira (03) em sua residência, na rua B, na Vila Pantanal, na zona norte de Teresina.

Seu irmão, o pedreiro Fernando Dias do Nascimento, afirmou que Francis Mauro morreu vitima de overdose e estava desaparecido há cerca de três dias.

O corpo de Francis Mauro foi encontrado em avançado estado de putrefação em cima de uma cama. Segundo informações, ele fazia uso de outras drogas e já teria sofrido overdose no ano passado.

Pela raridade, o caso despertou a curiosidade de muitas pessoas, incluindo os peritos do Instituto Médico Legal, já que a maioria das ocorrências de overdose ocorre com drogas mais pesadas como cocaína e crack.

Segundo o perito Antônio Nunes, a ‘loló’ possui substâncias perigosas que podem matar.

“Ele tem uma base de fabricação que é usada como anestésico e, em grandes quantidades, pode sim matar, causando insuficiência cardíaca e respiratória”, disse Antônio Nunes.

Em 2014 o IML registrou apenas duas mortes por overdose de drogas, no geral a cocaína e crack.

“A maioria morre por doenças crônicas, os que morrem por overdose geralmente são aquelas pessoas que usam várias drogas de uma vez em festas, por influência de amigos. E tem aqueles que usam drogas em casa e morrem, só depois os vizinhos e familiares percebem a morte”, declarou Antônio Nunes.




Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar