Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Técnica da Redinha é usada para ajudar bebês prematuros no Piauí

Compartilhe

Uma nova técnica está sendo usada por maternidades no sentido de ajudar os bebês prematuros no Piauí. A técnica da redinha. O pequeno Álvaro, por exemplo, nasceu após 34 semanas de gestação, portanto, é prematuro. Com ele, assim como em milhares de recém-nascidos no Brasil, utilizou-se dessa nova técnica da medicina, que auxilia no crescimento. As redinhas acolhem e reduzem os efeitos da internação.


"Nós utilizamos esse método há mais de dois anos. A gente coloca esses bebês nas redes, por que são de baixo peso, e isso funciona como se fosse o intra-útero da mãe. Eles não ficam soltos e permanecem em ambiente mais fechado e isso proporciona um ganho de peso mais rápido e ficam menos irritado", disse a enfermeira Patrícia Freitas.

Uma iniciativa simples e de baixo custo que oferece aconchego e auxilia na recuperação de bebês prematuros da UTI do Hospital Marques Basto. A ideia do uso da rede é reproduzir o aconchego do útero da mãe e posicionar o recém-nascido de uma forma que facilite o seu desenvolvimento neurológico. Além disso, a redinha submete ao bebê a ação da gravidade, estimulando o desenvolvimento do equilíbrio e da coordenação.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar