Por Arimatéa Carvalho

Enquanto o Brasil retorna ao mapa da fome elaborado pela Organização das Nações Unidas, um projeto desenvolvido no Piauí contribuiu para reduzir em 25% a pobreza de pequenos agricultores beneficiados. 

Trata-se do Projeto Viva o Semiárido, que foi financiado pelo FIDA (Fundo de Desenvolvimento Agropecuário), que beneficiou cerca de 36 mil famílias. 

A avaliação dos resultados foi feita sob a coordenação do pesquisador Marcelo José Braga, da Universidade Federal de Viçosa (MG).

Marcelo José Braga, da Universidade Federal de Viçosa (MG)Marcelo José Braga, da Universidade Federal de Viçosa (MG)