Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Bom Dia Meio Norte

Detentos da Major César desfrutam de regalias nas celas; veja fotos

Detentos da Major César desfrutam de regalias nas celas; veja fotos
| Reprodução/Bom Dia Meio Norte
Compartilhe
Google Whatsapp

Com imagens exclusivas obtidas pelo programa Bom Dia Meio Norte, é possível ver as regalias em que viviam os detentos da Colônia Agrícola Major Cesar de Oliveira. No dia 1º de outubro, a Secretaria de Justiça do Piauí realizou uma intervenção na penitenciária onde foram encontrados vários aparelhos celulares, televisores, geladeiras, ventiladores, redes de wifi, e varias outras regalias nas celas. 

Segundo o delegado Charles Pessoa, diretor de inteligência da Secretaria de Justiça do Piauí, não existia nenhum tipo de ordem na penitenciária. Em um vídeo obtido pelo programa, os presos filmavam o momento da troca de turno dos agentes e policiais e zombavam com a situação esperando o momento certo para realizar a fuga. 

“Olha lá o mosca de boi, está saindo fora, vamos jaásair também, eu aqui com revolver na mão, olha a guarita que eles ficam, esses cabras safados vão todos morrer”, diz um preso no vídeo. 


Segundo o delegado, desde o dia 1º não existe mais hora marcada para realizar vistoria e assim que um preso some, já é considerado como foragido, bem como o agente que está no dia da fuga é instaurado inquérito para investigação. 

“No decorrer dos últimos dez anos trabalhei diretamente no sistema penitenciário, atuei em varias missões pelos estados no sistema penitenciário federal, restabeleci ordens em momentos de crise, estou no Piauí e recebi um convite para ir para a Secretaria de Justiça e lá nós estamos desenvolvendo um trabalho juntamente com o atual secretário. É importante destacar que a Major Cesar não retrata a realidade do sistema penitenciário piauiense , o sistema penitenciário brasileiro passou por alguns anos de esquecimento então a gente não vai conseguir resolver esse problema do dia para a noite. O sistema do Piauí também não era diferente, mas no decorrer dos últimos cinco anos o sistema tem passado por um processo de modernização, todas as penitenciárias que foram inauguradas permanecem com um rigor de protocolo, um conjunto que rege todas as rotinas diárias das unidades”, afirmou.

O delegado destacou ainda que das 17 unidades prisionais do Piauí, 14 delas já foram estancados a comunicação por meio de celulares. “Esse é  um dos maiores gargalos do sistema penitenciário. A Major César é um processo lento, por ser uma unidade de regime semiaberto ela foi mal interpretada no decorrer de vários anos. A secretaria de justiça tem determinado que a gente realize essas atividades em todo o sistema penitenciário, como processo é lento a secretaria começou a desenvolver várias atividades e agora nós chegamos na Major César, ela por não ser uma unidade do regime fechado criou-se uma lenda que não poderia ser estabelecido um conjunto de protocolos para ordem e disciplina, até então não existia, essa escassez de procedimento fez com que a Major César se tornasse palco de vários ações”, disse. 

Segundo ele, após a intervenção da Secretaria de Justiça, foram registradas denúncias dos direitos humanos de que os detentos estavam recebendo maus tratos. 

“Lá nós encontramos aproximadamente 7 redes de wifi. A unidade estava passando por um momento de indisciplina, quando o estado se faz presente é normal que gere uma desconforto das pessoas que até então tinham liberdade, desses presos que estavam na unidade, a partir do restabelecimento da ordem eles utilizam de familiares ou de pessoas que não tem conhecimento para tentar desvirtuar o trabalho legal do estado, mas todas as ações da secretaria são pautadas na legalidade e lá não esta sendo diferente. O que está acontecendo é a retomada da unidade, isso gera um desconforto dos presos que saíam para cometer crimes, foi noticiado que a Major César foi palco de uma rebelião no inicio de julho, desde aquela rebelião o secretário determinou que fosse feito um procedimento especifico lá. Vale destacar que esses presos que cometeram esses crimes durante a rebelião todos estão sendo responsabilizados”, afirmou.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto